Porto Alegre, quarta-feira, 11 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 11 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 15h37min, 11/11/2020. Atualizada em 20h25min, 11/11/2020.

Depois de Fortunati desistir da prefeitura de Porto Alegre, PTB anuncia apoio à candidatura de Melo

Depois de o presidente do PTB Porto Alegre, Everton Braz, anunciar o apoio do partido à candidatura de Sebastião Melo (MDB), o emedebista discursou aos militantes petebistas.

Depois de o presidente do PTB Porto Alegre, Everton Braz, anunciar o apoio do partido à candidatura de Sebastião Melo (MDB), o emedebista discursou aos militantes petebistas.


Vinny Oliveira/Divulgação/JC
Marcus Meneghetti
No mesmo dia em que o ex-prefeito José Fortunati (PTB) retirou sua candidatura à prefeitura de Porto Alegre, o seu partido – sem a presença do agora ex-candidato – anunciou o apoio ao candidato a prefeito Sebastião Melo (MDB). O ex-coordenador da coligação liderada pelo ex-prefeito e presidente municipal do PTB, Everton Braz, recebeu Melo no diretório municipal dos petebistas na tarde desta quarta-feira (11), quando fez o anúncio, cercado dos vereadores que compõem a bancada petebista na Câmara Municipal.
No mesmo dia em que o ex-prefeito José Fortunati (PTB) retirou sua candidatura à prefeitura de Porto Alegre, o seu partido – sem a presença do agora ex-candidato – anunciou o apoio ao candidato a prefeito Sebastião Melo (MDB). O ex-coordenador da coligação liderada pelo ex-prefeito e presidente municipal do PTB, Everton Braz, recebeu Melo no diretório municipal dos petebistas na tarde desta quarta-feira (11), quando fez o anúncio, cercado dos vereadores que compõem a bancada petebista na Câmara Municipal.
Na segunda-feira, o Tribunal Regional Eleitoral (TER) cassou, por unanimidade, a candidatura do vice de Fortunati, André Cecchini, por entender que a sua filiação partidária ocorreu após o encerramento do prazo determinado no calendário eleitoral. A decisão derrubava a chapa liderada pelos petebistas, pois a legislação não permite que um candidato concorra sem vice.
Entretanto, na terça-feira, Fortunati anunciou que a coligação ingressaria com um recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para reverter o indeferimento da candidatura de Cecchini. Aliás, o ex-prefeito estava convicto de que a sentença seria modificada, mantendo a chapa viva na disputa à prefeitura.
A quarta-feira, no entanto, foi um dia de reviravoltas. Pela manhã, Fortunati anunciou a retirada da sua candidatura. À tarde, Braz recebeu Melo para selar o apoio à candidatura emedebista. “A Executiva municipal do PTB deliberou que, a partir deste momento, estamos declarando formal apoio à candidatura de Sebastião Melo à prefeitura de Porto Alegre”, anunciou Braz.
O apoio do PTB a Melo soou estranho para os eleitores mais atentos. Afinal, a ação movida pelo Ministério Público Eleitoral se originou em um recurso movido pelo empresário e candidato a vereador pelo PRTB, Luiz Armando Oliveira. O PRTB faz parte da coligação Estamos Juntos Porto Alegre (MDB, DEM, Cidadania, SD, DC, PRTB e PTC) – liderada justamente por Sebastião Melo.
De qualquer forma, quando Melo chegou à sede municipal do PTB, já estavam lá os presidentes partidários que formam a coligação liderada pelo emedebista, além dos vereadores petebistas e alguns ex-secretários municipais da gestão Fortunati.
Melo foi vice-prefeito no segundo mandato do então prefeito Fortunati (na época, no PDT; 2010-2016). O emedebista chegou a disputar a prefeitura de Porto Alegre na eleição de 2016, com o apoio do ex-prefeito. Entretanto, Melo foi derrotado pelo atual prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB).
Ao discursar, Melo disse que telefonou para Fortunati quando ele ficou sabendo da decisão do TRE na segunda-feira. Depois, foi vê-lo pessoalmente. Na ocasião, prestou solidariedade ao ex-prefeito.
Comentários CORRIGIR TEXTO