Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Governo Federal

- Publicada em 14h13min, 26/09/2020.

Bolsonaro tem alta após cirurgia para retirar pedra na bexiga

Esta é a sexta operação pela qual Jair Bolsonaro passa desde que levou a facada durante a campanha presidencial em setembro de 2018

Esta é a sexta operação pela qual Jair Bolsonaro passa desde que levou a facada durante a campanha presidencial em setembro de 2018


MARCOS CORRÊA/PR/JC
O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta no começo da tarde deste sábado (26) do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Na manhã de sexta-feira, Bolsonaro se submeteu a uma cirurgia para a retirada de uma pedra na bexiga.
O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta no começo da tarde deste sábado (26) do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Na manhã de sexta-feira, Bolsonaro se submeteu a uma cirurgia para a retirada de uma pedra na bexiga.
Em boletim médico divulgado às 9 horas deste sábado, a equipe médica informou que havia retirado a sonda vesical do presidente. "O excelentíssimo presidente da República Jair Bolsonaro segue com ótima evolução clínica e sem complicações cirúrgicas. Não apresenta sangramentos e está afebril. Foi retirada a sonda vesical para que ele urine espontaneamente. O paciente está recebendo hidratação oral e caminhando fora do quarto", dizia o informe assinado pelos médicos Leandro Santini Echenique, Leonardo Lima Borges e Miguel Cendoroglo.
Esta é a sexta cirurgia pela qual Bolsonaro passa desde que levou uma facada durante a campanha presidencial no dia 6 de setembro de 2018. Segundo o próprio presidente, a retirada do cálculo não está relacionada ao crime. "Esse cálculo aqui é de estimação. Eu tenho há mais de cinco anos, está na bexiga. É maior do que um grão de feijão. Resolvi tirar porque deve estar aí ferindo internamente a bexiga", disse ele no início do mês ao anunciar a um grupo de apoiadores que faria a intervenção.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO