Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 20h43min, 12/09/2020. Atualizada em 21h08min, 12/09/2020.

Ao lançar candidatura à prefeitura de Porto Alegre, Manuela defende diálogo permanente com comunidades

Na convenção de lançamento da candidatura, Manuela d'Ávila e Miguel Rossetto conversaram com lideranças comunitárias de Porto Alegre

Na convenção de lançamento da candidatura, Manuela d'Ávila e Miguel Rossetto conversaram com lideranças comunitárias de Porto Alegre


REPRODUÇÃO YOUTUBE/DIVULGAÇÃO/JC
Marcus Meneghetti
Depois de a convenção municipal do PCdoB e PT oficializar separadamente seus candidatos na eleição de 2020, a candidata à prefeita Manuela d’Ávila (PCdoB) e o vice Miguel Rossetto (PT) apresentaram uma convenção virtual conjunta para lançar oficialmente sua candidatura à prefeitura de Porto Alegre. Em uma transmissão ao vivo, eles ouviram dezenas de lideranças comunitárias, de diversas regiões da Capital. Em diversos momentos, Manuela e Rossetto assumiram o compromisso de ouvir permanentemente as comunidades da Capital.
Depois de a convenção municipal do PCdoB e PT oficializar separadamente seus candidatos na eleição de 2020, a candidata à prefeita Manuela d’Ávila (PCdoB) e o vice Miguel Rossetto (PT) apresentaram uma convenção virtual conjunta para lançar oficialmente sua candidatura à prefeitura de Porto Alegre. Em uma transmissão ao vivo, eles ouviram dezenas de lideranças comunitárias, de diversas regiões da Capital. Em diversos momentos, Manuela e Rossetto assumiram o compromisso de ouvir permanentemente as comunidades da Capital.
Os dois membros da chapa majoritária apresentaram a convenção como se fosse um programa de televisão, em um pequeno cenário com um telão, onde os convidados apareciam. Há meses, Manuela e Rossetto realizaram dezenas de reuniões virtuais com habitantes de várias localidades porto-alegrenses. Desses encontros, surgiram os convidados para a convenção: lideranças de bairros, famílias que trabalham com reciclagem de lixo, produtores rurais da cidade, etc.
Além da participação ao vivo dos líderes comunitários, foram exibidos vídeos com o apoio de artistas e lideranças nacionais e internacionais. Entre eles, os músicos Chico Buarque, Caetano Veloso e João Gordo; o cineasta Jorge Furtado; os atores Bruno Garcia e Mel Lisboa; o filósofo Leonardo Boff; e os sociólogos Luiz Eduardo Soares e o Boaventura de Souza Santos.
Manuela abriu o evento em tom otimista. “Estamos entrando nesta campanha com a convicção de que vamos vencer. Teremos, sim, uma representação no segundo turno das forças políticas que defendem a igualdade, a justiça social, o respeito a todos os direitos, a democracia deste país”, projetou.
Ela também fez um aceno às outras candidaturas de centro-esquerda, especialmente às de Fernanda Melchionna (PSOL) e Juliana Brizola (PDT): “não estamos todas juntas no primeiro turno, mas marchamos do mesmo lado. Construímos a unidade possível”.
E atacou alguns adversários. “Nessa campanha, teremos quatro candidatos que já governaram Porto Alegre nos últimos 10 anos (Marchezan, Fortunati, Melo e Paim). Eles são os responsáveis pelos problemas acumulados na cidade. Como podem nos dizer que vão resolver os problemas que já não resolveram antes?”
Ao mencionar algumas propostas que irá defender na campanha, Manuela explicou que foram construídas a partir de demandas apresentadas pela própria população de Porto Alegre. Entre os compromissos assumidos pela candidata, estão a oferta de microcrédito para micro e pequenos empreendedores; a abertura de escritórios de regularização fundiária na cidade; a redução do valor da tarifa de transporte coletivo urbano; e a retomada do Orçamento Participativo (OP).
Rossetto reforçou que, “em todas as nossas reuniões com a população, ouvimos: ‘respeitem a comunidade e aprendam a ouvir a comunidade’”. E lembrou: “também precisamos mudar a Câmara de Vereadores, para enxergarmos a Câmara do futuro, não a do passado, que agride, exclui, que é preconceituosa e violenta. Gostaria de estimular que vocês acolhessem nossos candidatos (a vereador), porque também precisaremos de uma boa base parlamentar, para implementarmos uma agenda forte de transformações aqui em Porto Alegre”.
Entre os políticos que manifestaram apoio à chapa liderada por Manuela, estiveram o ex-governador Olívio Dutra (PT) e o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB).
“As nominatas à vereança do PT e PCdoB, assim como a chapa da Manuela e do Rossetto, representam uma luta pela humanização da cidade, a relação adequada entre o espaço urbano e o rural, a defesa do patrimônio histórico-cultural, a relação harmoniosa com o meio ambiente e os municípios da região metropolitana”, disse Olívio.
Flávio Dino afirmou que “a caminhada eleitoral da nossa companheira Manuela e do vice Rossetto vai ser bonita, esperançosa, marcada pelas bandeiras justas daqueles e daquelas que acreditam que a cidade é um espaço para combater as desigualdades, propiciar oportunidades para todos, mediante políticas que enfrentem esses dramas sociais terríveis do nosso país”.
Comentários CORRIGIR TEXTO