Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 18h13min, 24/08/2020. Atualizada em 18h20min, 24/08/2020.

Comandante Nádia desiste de candidatura à prefeitura de Porto Alegre

Vereadora era a mais cotada para concorrer à prefeitura da Capital pelo DEM

Vereadora era a mais cotada para concorrer à prefeitura da Capital pelo DEM


GIULIA SECCO/DIVULGAÇÃO/JC
A vereadora Comandante Nádia (DEM) desistiu de concorrer à prefeitura de Porto Alegre. Ela anunciou a decisão nesta segunda-feira (24), através de uma nota divulgada no seu perfil no Facebook. “Para continuar a servir nossa Porto Alegre, deixo de ser pré-candidata à prefeita. Para continuar a servir e proteger nossa cidade, como comandante do meu destino, lanço minha pré-candidatura à vereadora”, escreveu Nádia.
A vereadora Comandante Nádia (DEM) desistiu de concorrer à prefeitura de Porto Alegre. Ela anunciou a decisão nesta segunda-feira (24), através de uma nota divulgada no seu perfil no Facebook. “Para continuar a servir nossa Porto Alegre, deixo de ser pré-candidata à prefeita. Para continuar a servir e proteger nossa cidade, como comandante do meu destino, lanço minha pré-candidatura à vereadora”, escreveu Nádia.
O DEM vinha mantendo diálogo com outros três partidos com pré-candidatos ao paço municipal: o PTB, que trabalha com a pré-candidatura do ex-prefeito José Fortunati; o MDB, que deve concorrer com o deputado estadual e ex-vice-prefeito Sebastião Melo; e o PP, que quer disputar a prefeitura com o vice-prefeito Gustavo Paim.
Os quatro partidos vinham realizando reuniões periódicas sobre as eleições municipais de 2020. Havia a expectativa que as quatro candidaturas se condensassem em apenas duas. Para isso, dois nomes deveriam abrir mão da sua pré-candidatura.
Confira a íntegra da nota:
Sirvo à população de Porto Alegre. Sirvo a um bem maior: cumprir a missão que me foi confiada como vereadora de nossa cidade. E já ficou claro que o nosso futuro não depende e não poderá depender de apenas uma pessoa. A atuação ativa e ética da Câmara de Vereadores é fundamental para fiscalizar e garantir as mudanças que a sociedade clama. Ouço e atendo a esse pedido, com liberdade e independência. Sirvo para representar quem me elegeu. Quando voto, represento milhares de cidadãos e jamais um interesse próprio. Quando me posiciono, não fico no meio do caminho e, muito menos, à esquerda de quem acredita em mim. Tenho partido sempre do mesmo princípio: respeitar quem confia em mim. Para continuar a servir nossa Porto Alegre, deixo de ser pré-candidata à prefeita. Para continuar a servir e proteger nossa cidade, como comandante do meu destino, lanço minha pré-candidatura à vereadora. 
Comentários CORRIGIR TEXTO