Porto Alegre, quarta-feira, 12 de agosto de 2020.
Dia Nacional da Juventude .

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 12 de agosto de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

defensoria pública

- Publicada em 12h53min, 12/08/2020. Atualizada em 16h03min, 12/08/2020.

Número de mediações online na Defensoria Pública do RS dobra durante pandemia

Formato online foi a solução para que sessões continuassem ocorrendo na crise da Covid-19

Formato online foi a solução para que sessões continuassem ocorrendo na crise da Covid-19


DPE/RS/Divulgação/JC
Com a pandemia da Covid-19 e o consequente distanciamento social, o número de sessões online de mediação familiar da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS) quase dobrou entre junho e julho. O serviço, que já era oferecido desde 2017 pela Câmara de Mediação Familiar, tem o objetivo de resolver questões relacionadas à pensão alimentícia, guarda, divórcio, partilha de bens, entre outros, sem ingresso de ação na Justiça.
Com a pandemia da Covid-19 e o consequente distanciamento social, o número de sessões online de mediação familiar da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS) quase dobrou entre junho e julho. O serviço, que já era oferecido desde 2017 pela Câmara de Mediação Familiar, tem o objetivo de resolver questões relacionadas à pensão alimentícia, guarda, divórcio, partilha de bens, entre outros, sem ingresso de ação na Justiça.
O formato online foi a solução encontrada para que as sessões continuassem ocorrendo na crise do novo coronavírus. Em julho, segundo o DPE/RS, foram realizadas 143 sessões - enquanto em junho foram 77.
O aumento se deve à ampliação do número de salas virtuais, consequência da maior procura pelo serviço, de acordo com a coordenadora da Câmara, defensora pública Patricia Pithan Pagnussatt Fan. São realizadas entre quatro e cinco sessões diariamente, quando anteriormente era apenas uma.
Segundo a defensora, grande parte dos participantes relata nas pesquisas de satisfação que gostou do modelo online. O formato permite maior eficiência, agilidade e economia no deslocamento das partes. Ela afirma que o fato dos envolvidos estarem em casa, à vontade, deixa-os mais abertos a solucionar problemas amigavelmente.
Para mediar um conflito que esteja no âmbito do Direito das Famílias, é possível ligar para o Alô Defensoria pelo número (51) 3225-0777 entre segunda e sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 18h. O serviço também pode ser acessado através do e-mail mediacaoonline@defensoria.rs.def.br.
Comentários CORRIGIR TEXTO