Porto Alegre, sexta-feira, 31 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 31 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

distanciamento controlado

- Publicada em 18h56min, 31/07/2020. Atualizada em 19h45min, 31/07/2020.

Mais de 75% da população gaúcha segue em bandeira vermelha no mapa preliminar

São 12 regiões em bandeira vermelha, cinco a mais em relação à semana passada

São 12 regiões em bandeira vermelha, cinco a mais em relação à semana passada


LUIZA PRADO/JC
Mais de 70% da população gaúcha está sob alto risco do coronavírus, segundo mapa preliminar do distanciamento controlado divulgado pelo governo gaúcho nesta sexta-feira (31). São 12 regiões em bandeira vermelha. A área abrange 340 municípios, o que abrange 77% da população gaúcha.
Mais de 70% da população gaúcha está sob alto risco do coronavírus, segundo mapa preliminar do distanciamento controlado divulgado pelo governo gaúcho nesta sexta-feira (31). São 12 regiões em bandeira vermelha. A área abrange 340 municípios, o que abrange 77% da população gaúcha.
Cinco regiões passaram de laranja para vermelho em relação à semana passada. Já Capão da Canoa passou da bandeira vermelha para laranja. Neste caso, as medidas menos restritivas na região passam a valer a partir da meia-noite de hoje.
As prefeituras têm até domingo para apresentarem recursos para possível alteração de classificação. As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira, passando a valer a partir de terça-feira (4).
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/07/31/206x137/1_31184943_1867820_gdo-9106877.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5f249bccc99f3', 'cd_midia':9106877, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2020/07/31/31184943_1867820_gdo-9106877.jpg', 'ds_midia': 'Distanciamento controlado - mapa preliminar 13 rodada', 'ds_midia_credi': 'DIVULGAÇÃO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Distanciamento controlado - mapa preliminar 13 rodada', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '491', 'align': 'Left'}
A divulgação do mapa preliminar foi feita durante transmissão ao vivo conduzida pela chefe do Comitê de Dados do RS, Leany Lemos. A 13ª rodada do distanciamento controlado já traz as mudanças anunciadas esta semana pelo governador Eduardo Leite. Uma delas reduz o peso da ocupação de leitos de UTI por pacientes de fora. Ou seja, a contagem de leitos de unidade intensiva da macrorregião vai levar em conta a cidade origem do paciente. Segundo Leny, a nova metodologia vai diferenciar melhor as regiões e "certamente a gente vai ter um número menor de recursos" por parte dos municípios. 
Foram incluídos ajustes na linha de corte de sete indicadores do modelo, o que impactou na média final de classificação das regiões. São mudanças na pontuação de três indicadores que medem a velocidade de avanço da doença, dois que monitoram a incidência (hospitalizações e óbitos) e mais dois de capacidade instalada (leitos livres/leitos Covid).
O mapa preliminar desta sexta-feira ainda não trouxe a nova região de saúde, de Guaíba, que por enquanto segue incorporada à área de Porto Alegre. Dezenove localidades devem compor a 21ª região. Ela será viabilizada devido à abertura de 40 leitos de UTI em hospitais de São Jerônimo, Charqueadas e Camaquã. 
Leany comentou os decretos de flexibilização adotados por municípios da Serra que estão sob vigência da bandeira vermelha. A secretária reforçou que a PGE está acompanhando o caso, juntamente com o Ministério Público.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO