Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Prefeitura de Porto Alegre

- Publicada em 21h22min, 06/07/2020.

Marchezan propõe priorizar projetos para conter pandemia

 Nelson Marchezan Júnior se reuniu virtualmento com vereadores

Nelson Marchezan Júnior se reuniu virtualmento com vereadores


/CESAR LOPES/PMPA/DIVULGAÇÃO/JC
Rariane Costa
O prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) se reuniu de maneira virtual com parlamentares da Câmara de Porto Alegre na tarde desta segunda-feira (6) para apresentar dados sobre o Covid-19 na capital e propor prioridade à projetos de lei no Parlamento para combater a pandemia.
O prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) se reuniu de maneira virtual com parlamentares da Câmara de Porto Alegre na tarde desta segunda-feira (6) para apresentar dados sobre o Covid-19 na capital e propor prioridade à projetos de lei no Parlamento para combater a pandemia.
Marchezan propôs aos vereadores a priorização dos projetos na área da saúde, educação, sustentabilidade e transportes, como a suspensão do recolhimento da contribuição previdenciária da parte patrimonial do município; extinção da licença aguarda aposentadoria e taxação dos aplicativos. Entre os projetos de mobilidade urbana está a proposta da tarifa de congestionamento.
Tarifa essa que, segundo o prefeito, sofrerá alterações "a tarifa será alterada para zona central da cidade e não mais para entrada em Porto Alegre. Esses são projetos que representaram inovação, comentados no Brasil e em jornais do exterior em relação à novidade e inovação das propostas", afirmou.
De acordo com o chefe do Executivo, os projetos a que propõe prioridade visam "modernizar e humanizar a cidade a tornando um local mais adequado para oferecer mais qualidade de vida nesse momento e após a pandemia".
As propostas, que ainda não estiverem em tramitação, devem ser protocoladas na Câmara ainda nesta semana.
"Estamos propondo uma agenda transformadora para nossa cidade. Me comprometo a encaminhar durante essa semana e peço apoio para que a gente possa conscientizar um pouco mais os cidadãos. Estamos falando de uma pandemia e a maneira mais eficaz é evitar a circulação, buscando o isolamento", disse.
De acordo com o prefeito Marchezan, os índices de isolamento na capital tem se mostrado aceitáveis, dentro do previsto. Nas últimas semanas Porto Alegre registrou média entre 40% e 45%, o Executivo busca alcançar 55% de isolamento no município.
"Com vários critérios para diminuir a circulação a gente teve que fechar atividades econômicas pelo volume de circulação que elas geram", afirmou o chefe do Executivo da Capital.
Comentários CORRIGIR TEXTO