Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições

- Publicada em 03h00min, 01/06/2020.

PSOL anuncia Márcio Chagas como vice de Melchionna

Ex-árbitro Marcio Chagas será vice na chapa do PSOL para a prefeitura de Porto Alegre com Fernanda Melchionna

Ex-árbitro Marcio Chagas será vice na chapa do PSOL para a prefeitura de Porto Alegre com Fernanda Melchionna


/CARINA KUNZE/PSOL/DIVULGAÇÃO/JC

O ex-árbitro e comentarista de futebol Márcio Chagas ocupará a vaga de vice-prefeito na chapa de pré-candidatura do PSOL à prefeitura de Porto Alegre, que será encabeçada pela líder do partido na Câmara dos Deputados, Fernanda Melchionna (ambos na foto). O anúncio será feito oficialmente hoje, em bate-papo ao vivo nas redes sociais. A indicação ainda precisa ser referendada na convenção do PSOL. Chagas se filiou ao partido recentemente e vê possibilidade de potencializar as lutas antirracistas e em prol da educação. Márcio Chagas tem 44 anos e atuou como árbitro de futebol durante 15 anos. Nesse período, foi alvo de repetidos atos de racismo em campo e fora dele, o que o encorajou a tratar do tema da discriminação com centralidade. Antes de se filiar ao PSOL, Chagas atuou como comentarista de TV.

O ex-árbitro e comentarista de futebol Márcio Chagas ocupará a vaga de vice-prefeito na chapa de pré-candidatura do PSOL à prefeitura de Porto Alegre, que será encabeçada pela líder do partido na Câmara dos Deputados, Fernanda Melchionna (ambos na foto). O anúncio será feito oficialmente hoje, em bate-papo ao vivo nas redes sociais. A indicação ainda precisa ser referendada na convenção do PSOL. Chagas se filiou ao partido recentemente e vê possibilidade de potencializar as lutas antirracistas e em prol da educação. Márcio Chagas tem 44 anos e atuou como árbitro de futebol durante 15 anos. Nesse período, foi alvo de repetidos atos de racismo em campo e fora dele, o que o encorajou a tratar do tema da discriminação com centralidade. Antes de se filiar ao PSOL, Chagas atuou como comentarista de TV.

Comentários CORRIGIR TEXTO