Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SAÚDE

- Publicada em 17h29min, 20/05/2020. Atualizada em 17h33min, 20/05/2020.

Atualização de dados da Covid-19 acrescentará cerca de mil novos casos no Estado

Leva significativa de novos casos refere-se à atualização dos dados da doença nos municípios

Leva significativa de novos casos refere-se à atualização dos dados da doença nos municípios


FACEBOOK/REPRODUÇÃO/JC
Fernanda Crancio
Cerca de mil novos casos confirmados de Covid-19 no Estado que não haviam sido registrados adequadamente pelos municípios serão atualizados na base de dados estadual ainda nesta quarta-feira (20). A informação foi dada pelo governador Eduardo Leite durante a live transmitida pelas redes sociais, no início da tarde. Nos mesmos moldes, cerca de 500 novos casos já haviam sido inseridos no sistema da Secretaria Estadual a Saúde (SES) e contabilizados na última sexta-feira (15).
Cerca de mil novos casos confirmados de Covid-19 no Estado que não haviam sido registrados adequadamente pelos municípios serão atualizados na base de dados estadual ainda nesta quarta-feira (20). A informação foi dada pelo governador Eduardo Leite durante a live transmitida pelas redes sociais, no início da tarde. Nos mesmos moldes, cerca de 500 novos casos já haviam sido inseridos no sistema da Secretaria Estadual a Saúde (SES) e contabilizados na última sexta-feira (15).
A nova leva de casos é uma resposta ao apelo recente para que as cidades e instituições hospitalares atualizassem os cadastros do sistema E-SUS Notifica, com o intuito de unificar os números divulgados pelo Estado e pelas prefeituras. São casos referentes a pacientes positivos para o novo coronavírus, identificados pelos testes rápidos -  aplicados a partir do décimo dia de início dos sintomas ou até mesmo em pacientes assintomáticos - realizados nos últimos dias ou semanas, e que não haviam sido corretamente incluídos na base de dados estadual.
Segundo o governador, houve uma grande distribuição de testes rápidos e poucas atualizações no sistema. Por isso, uma portaria da SES normatizou o acompanhamento dos casos, permitindo a compatibilização dos dados municipais. "Por isso mantemos o apelo para que os municípios insiram imediatamente os casos confirmados no sistema. Esses dados são fundamentais para a melhor tomada de decisão e acompanhamento da situação em cada região ", pediu o governador.
Diante dessa nova atualização, aumentarão também os casos de pacientes recuperados no Estado, já que os números  são de casos identificados há mais tempo. Para essa nova inserção de cerca de mil casos, segundo a secretária Arita, foi constituída uma força-tarefa para conferir as notificações por municípios.
O governador anunciou ainda alterações nos dados considerados para o cálculo das bandeiras que determinam o grau de risco do distanciamento controlado de cada região, atualizado a cada sábado. Com base nos indicativos analisados, o Executivo passará a reconsiderar os exames RTPC-R para avaliar a incidência e velocidade do avanço da disseminação da Covid-19 no Estado. A mudança passará a contar para  o mapa das bandeiras dos próximos 15 dias.
Dessa forma, a partir da atualização de 30 de maio, o cálculo de risco deixará de considerar todos os casos confirmados pelos testes  RT-PCR, passando a mensurar os as confirmações de pacientes internados nos hospitais com síndrome respiratória aguda grave. Segundo o governador, essa conduta  permitirá corrigir distorções e identificar os números de pacientes hospitalizados e suas residencias. A nova avaliação passará a valer para as bandeiras que terão validade entre os dias 1º e 7 de junho e impactará sobre os indicadores referentes à velocidade do avanço da doença, que mede o número de novos casos confirmados em relação aos anteriores, e a incidência de novos casos na população, que contabiliza os novos casos nos últimos sete dias para cada 100 mil habitantes.
Comentários CORRIGIR TEXTO