Porto Alegre, quarta-feira, 20 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 20 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Governo Federal

20/05/2020 - 10h12min. Alterada em 20/05 às 10h28min

Regina Duarte deixa Secretaria Especial da Cultura

A atriz vai assumir a Cinemateca Brasileira de São Paulo

A atriz vai assumir a Cinemateca Brasileira de São Paulo


ANTONIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL/JC
A atriz Regina Duarte vai deixar a Secretaria Especial da Cultura do governo federal, pouco mais de dois meses após assumir o cargo. A informação foi confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro na sua conta no Twitter na manhã desta quarta-feira (20). 
A atriz Regina Duarte vai deixar a Secretaria Especial da Cultura do governo federal, pouco mais de dois meses após assumir o cargo. A informação foi confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro na sua conta no Twitter na manhã desta quarta-feira (20). 
"Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias", escreveu o presidente.
A saída ocorre após dias de "fritura" da atriz no cargo, que se envolveu em polêmicas e crises internas por nomeações na pasta e órgãos vinculados a ela.
Segundo Bolsonaro, Regina Duarte vai assumir a Cinemateca Brasileira, que fica em São Paulo. A instituição é responsável pela preservação da produção audiovisual brasileira e é vinculada à Secretaria da Cultura.
Comentários