Porto Alegre, segunda-feira, 18 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 18 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

GOVERNO DO ESTADO

18/05/2020 - 17h21min. Alterada em 18/05 às 17h25min

Distanciamento controlado terá acompanhamento semanal de um comitê técnico

Novo modelo de restrição social vigora há uma semana e já permitiu abertura gradual de atividades

Novo modelo de restrição social vigora há uma semana e já permitiu abertura gradual de atividades


MARCO QUINTANA/JC
Fernanda Crancio
Ao analisar a primeira semana do modelo de distanciamento controlado no Estado, em vigor desde 9 de maio, o governador Eduardo Leite informou que o próximo passo da análise dos níveis de restrição social será dado a partir da criação de um comitê técnico formado por especialistas. A equipe ficará responsável por acompanhar, semanalmente, os cRitérios e protocolos que determinarão as cores das bandeiras implementadas regionalmente.
Ao analisar a primeira semana do modelo de distanciamento controlado no Estado, em vigor desde 9 de maio, o governador Eduardo Leite informou que o próximo passo da análise dos níveis de restrição social será dado a partir da criação de um comitê técnico formado por especialistas. A equipe ficará responsável por acompanhar, semanalmente, os cRitérios e protocolos que determinarão as cores das bandeiras implementadas regionalmente.
"O modelo é aberto, inovador e está sendo constantemente analisado. Vamos fazer qualquer alteração somente com base científica", pontuou, reforçando, mais uma vez, que não aceitará motivações políticas, pressões ou demandas externas de determinados setores.
Ainda em formatação, o comitê subsidiará com dados o Gabinete de Crise do Executivo, que se debruça diariamente nas análises científicas sobre a disseminação da Covid-19 e condições de atendimento à saúde, fundamentais para o estabelecimento das bandeiras que determinam os graus de restrições a cada uma das 20 regiões do Estado. "Vai ser assim todos os sábados, quando rodamos os mapas com as áreas de risco de cada uma das 20 regionais, de acordo com a disseminação do coronavírus e a capacidade de atendimento", explicou Leite, durante a live transmitida na tarde desta segunda-feira (18).
No sábado (16), a classificação das regiões de acordo com as bandeiras foi atualizada, sem registro de bandeira vermelha. A região de Lajeado, que estava com a classificação vermelha, passou para a laranja, Já a de Uruguaiana, que estava classificada como amarela, passou para a bandeira laranja.
Ao ser questionado pelos jornalistas sobre o uso da cloroquina e hidroxicloroquina nos infectados com o novo coronavírus no Estado, o governador informou ainda que estão sendo seguidos os protocolos do Ministério da Saúde, no sentido de utilizar as substâncias, sob recomendação médica, naqueles pacientes que apresentam casos graves da doença. "Quem define o critério do uso é o médico, analisando as condições do paciente, a gravidade que tem e os riscos que a medicação oferece. Não há uma orientação distinta da Secretaria da Saúde", ressaltou.
Comentários