Porto Alegre, quinta-feira, 14 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 14 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

SAÚDE

14/05/2020 - 17h57min. Alterada em 14/05 às 18h09min

Estado terá R$ 174 milhões da bancada federal gaúcha para enfrentamento à Covid-19

Do total, R$ 99,3 milhões serão repartidos com as prefeituras para ações de saúde

Do total, R$ 99,3 milhões serão repartidos com as prefeituras para ações de saúde


Silvio Avila/AFP/JC
Fernanda Crancio
O governo gaúcho contará com o auxílio de cerca de R$ 174 milhões da bancada federal gaúcha para financiamento de ações na área da saúde. O montante será aplicado em 183 hospitais e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) do Estado. Desse total, R$ 99,3 milhões serão repartidos entre Executivo estadual e municípios para o enfrentamento direto à pandemia da Covid-19.
O governo gaúcho contará com o auxílio de cerca de R$ 174 milhões da bancada federal gaúcha para financiamento de ações na área da saúde. O montante será aplicado em 183 hospitais e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) do Estado. Desse total, R$ 99,3 milhões serão repartidos entre Executivo estadual e municípios para o enfrentamento direto à pandemia da Covid-19.
A parceria com os parlamentares e o repasse, anunciado no final de março, foram destacados pelo governador Eduardo Leite nesta quinta-feira (14), durante a tradicional live que realiza diariamente. "A tarefa de administrar o Rio Grande do Sul é coletiva. Com apoio dos deputados, senadores e demais Poderes conseguimos construir, com diálogo, o consenso para avançarmos. É um apoio muito importante da bancada federal gaúcha, a quem agradecemos muito”, disse Leite.
 
 
 
 
Segundo a assessoria da bancada federal gaúcha, o Ministério da Saúde está repassando os pagamentos da primeira parte das emendas (mais de R$ 71,6 milhões) para aquisição de respiradores, equipamentos de proteção individual (EPIs) e custeio da saúde. Os valores serão destinados aos hospitais conveniados ao Estado via Fundo Estadual de Saúde e para os municípios e hospitais de gestão plena por meio dos Fundos Municipais de Saúde. O valor restante (mais de R$100 milhões) é oriundo do repasse de emendas parlamentares.
Como será o repasse:
  • R$ 26,2 milhões em emendas individuais
  • R$ 45,3 milhões em emendas de bancada
  • R$ 76,2 milhões em emendas de bancada específicas para enfrentamento à Covid-19, sendo R$ 33,4 milhões aos hospitais sob gestão do Estado e R$ 42,8 milhões para gestão livre da Secretaria Estadual da Saúde
  • R$ 23,1 milhões para os municípios em emendas de bancada específicas para enfrentamento à Covid-19
  • R$ 4 milhões ainda estão em definição pela bancada
Total: R$ 174 milhões
Comentários