Porto Alegre, terça-feira, 18 de fevereiro de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Assembleia Legislativa

Notícia da edição impressa de 12/02/2020. Alterada em 12/02 às 03h00min

Fábio Branco é empossado na presidência da CCJ

O deputado estadual Fábio Branco (MDB) assumiu, nesta terça-feira (11), a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa. Indicado pela Bancada do MDB e eleito por unanimidade por todos os membros da Comissão, Fábio substitui o colega de partido Edson Brum, que em 2020 passa a ser o vice-presidente do colegiado.
O deputado estadual Fábio Branco (MDB) assumiu, nesta terça-feira (11), a presidência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa. Indicado pela Bancada do MDB e eleito por unanimidade por todos os membros da Comissão, Fábio substitui o colega de partido Edson Brum, que em 2020 passa a ser o vice-presidente do colegiado.
A CCJ é considerada a comissão mais importante da Assembleia, já que por ela passam todas as matérias em tramitação no parlamento. É o sexto ano consecutivo em que a CCJ é presidida por deputados do MDB. Desde o início do governo de José Ivo Sartori (MDB), em 2015, o partido coordena o colegiado.
A bancada do MDB lidera, junto com o PT, o número de cadeiras no Parlamento, com oito deputados cada.
Em 2019, a CCJ realizou 45 reuniões, recebeu e distribuiu 871 proposições, teve protocolados 447 relatórios, sendo 240 deles aprovados.