Porto Alegre, sábado, 26 de setembro de 2020.
Dia Nacional dos Surdos.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CÂMARA DE PORTO ALEGRE

- Publicada em 18h06min, 03/02/2020. Atualizada em 18h15min, 03/02/2020.

Pacote de Marchezan: projeto de cobradores é derrotado na Câmara

Proposta do Executivo municipal foi rejeitada por vereadores de Porto Alegre por 23 votos a 9

Proposta do Executivo municipal foi rejeitada por vereadores de Porto Alegre por 23 votos a 9


Leonardo Contursi/CMPA/Reprodução/JC
Foi rejeitado, por 23 votos a 9, o projeto que previa a extinção gradual dos cobradores de ônibus na cidade de Porto Alegre. Mais cedo, após encaminhamento do vereador Claudio Janta, as emendas haviam sido colocadas em votação por meio de pacote. Com 33 votos contrários e uma abstenção, as 16 emendas foram rejeitadas.
Foi rejeitado, por 23 votos a 9, o projeto que previa a extinção gradual dos cobradores de ônibus na cidade de Porto Alegre. Mais cedo, após encaminhamento do vereador Claudio Janta, as emendas haviam sido colocadas em votação por meio de pacote. Com 33 votos contrários e uma abstenção, as 16 emendas foram rejeitadas.
As galerias da casa se mantiveram ocupadas por rodoviários e representantes sindicais, que entoavam gritos favoráveis à votação do pacote ainda na sessão de hoje.  Vereadores que se posicionaram contrários ao projeto recebiam certificado de agradecimento produzido pelo sindicato dos rodoviários. 
Pela manhã, motoristas e cobradores de ônibus voltaram a protestar contra o projeto da prefeitura. A mobilização da categoria iniciou por volta das 7h, com uma operação tartaruga dos coletivos em três corredores de ônibus da Capital.
> Entenda o pacote de Marchezan para baixar o preço do ônibus em Porto Alegre
Comentários CORRIGIR TEXTO