Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de janeiro de 2020.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Assembleia Legislativa

Edição impressa de 13/01/2020. Alterada em 13/01 às 03h00min

Deputados aliados de Leite debatem projetos do pacote do governo

Convocação extraordinária do Parlamento será de 27 a 31 de janeiro

Convocação extraordinária do Parlamento será de 27 a 31 de janeiro


/GUERREIRO/AGÊNCIA ALRS/JC
Uma nova rodada de análises e discussões, entre terça (14) e quinta-feira (16), deverá definir o que os deputados estaduais da base de apoio do governo Eduardo Leite (PSDB) acreditam ser viável de votação - e principalmente, de aprovação - na convocação extraordinária prevista para o final do mês. Os projetos integram o pacote do governo estadual que modifica as carreiras dos servidores públicos estaduais e altera as regras da Previdência do funcionalismo. Os encontros devem resultar, no final da semana, em uma lista de sugestões e propostas ao líder do Poder Executivo.
Uma nova rodada de análises e discussões, entre terça (14) e quinta-feira (16), deverá definir o que os deputados estaduais da base de apoio do governo Eduardo Leite (PSDB) acreditam ser viável de votação - e principalmente, de aprovação - na convocação extraordinária prevista para o final do mês. Os projetos integram o pacote do governo estadual que modifica as carreiras dos servidores públicos estaduais e altera as regras da Previdência do funcionalismo. Os encontros devem resultar, no final da semana, em uma lista de sugestões e propostas ao líder do Poder Executivo.
A expectativa dos deputados aliados é poder contar o quanto antes com uma relação clara do que será proposto, e alterado, para só então ter uma indicativo melhor dos apoios possíveis. De acordo com o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Frederico Antunes (PP), uma definição o quanto antes das prioridade de Leite para o que será votado no final do mês, a partir do dia 27, é essencial para que a base possa se concentrar nos temas mais importantes.
Além dos questões mais polêmicas e com forte resistência da oposição, como aqueles ligados às carreiras do magistério e previdência de militares, temas como mudanças nas leis de incentivo à cultura e ao esporte também podem entrar na lista de propostas que encaminhadas.
As reuniões previstas para entre amanhã e quinta-feira, diz Antunes, são uma continuidade dos encontros já feitos na semana passada. Participam dos debates todos os deputados da base aliada.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia