Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 02 de dezembro de 2019.
Dia Nacional do Astrônomo. Dia do Samba. Dia Pan-Americano da Saúde.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

partidos

Edição impressa de 02/12/2019. Alterada em 02/12 às 03h00min

PSDB e PSB lançam programas internos de renovação com foco nas eleições 2020

Na esteira de grupos como o RenovaBR e a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (Raps), o PSDB paulista lançou, neste sábado (30), um programa interno de renovação. Dez jovens e dez mulheres serão selecionados e capacitados para lançar candidaturas financiadas pela sigla nas eleições de 2020.
Na esteira de grupos como o RenovaBR e a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (Raps), o PSDB paulista lançou, neste sábado (30), um programa interno de renovação. Dez jovens e dez mulheres serão selecionados e capacitados para lançar candidaturas financiadas pela sigla nas eleições de 2020.
"Essa foi uma iniciativa do PSDB de São Paulo que agora está sendo levada ao partido nacionalmente. Só seremos representativos para a sociedade se nós formos povoados por jovens e mulheres e tivermos a capacidade de interpretar as necessidades da população", disse o governador de São Paulo, João Doria.
Além disso, o diretório vai premiar os escritórios municipais que mais filiarem mulheres e jovens. "Esse programa vai selecionar, qualificar - com ajuda dos nossos quadros, como o governador Doria - e, depois, vai financiar a campanha", afirmou o presidente do PSDB paulista, Marco Vinholi. O encontro ocorreu uma semana antes do congresso nacional do PSDB, em Brasília.
Na quinta-feira (28), o PSB havia lançado, no Rio de Janeiro, uma "autorreforma" para se contrapor à crise de representatividade dos partidos. A iniciativa prevê uma plataforma de participação digital em que os filiados terão a oportunidade de influenciar decisões.
"Terão temas em que vamos fazer consulta em caráter deliberativo. A decisão que sair da plataforma terá de ser tomada pelo partido", afirmou o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia