Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de novembro de 2019.
Dia do Doador de Sangue.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Partidos

Edição impressa de 25/11/2019. Alterada em 25/11 às 03h00min

Deputada federal Gleisi Hoffmann é reeleita presidente do PT

Com a bênção do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a deputada federal paranaense Gleisi Hoffmann foi reeleita com 71,5% dos votos para mais quatro anos na presidência do PT.
Com a bênção do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a deputada federal paranaense Gleisi Hoffmann foi reeleita com 71,5% dos votos para mais quatro anos na presidência do PT.
O resultado do 7º Congresso Nacional do PT foi anunciado neste domingo (24) e já era esperado. A principal corrente do partido, a CNB (Construindo um Novo Brasil), da qual Gleisi faz parte, tinha a maioria dos 800 delegados eleitos previamente para deliberar sobre o comando da sigla. A CNB também obteve a maior parte das vagas do diretório nacional, composto por 90 cadeiras.
O órgão será preenchido de forma proporcional, segundo os votos obtidos por cada uma das correntes. Na próxima semana, o diretório se reúne para eleger a comissão executiva nacional.
Houve um movimento a favor de que Fernando Haddad, presidenciável do partido em 2018, comandasse o PT. O nome da deputada, no entanto, foi defendido por Lula e acabou se sobressaindo.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia