Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 09 de outubro de 2019.
Dia Mundial dos Correios.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Caxias do Sul

Edição impressa de 09/10/2019. Alterada em 09/10 às 03h00min

Acolhida denúncia de impeachment de Daniel Guerra

Roberto Hunoff, de Caxias do Sul
O plenário da Câmara de Caxias do Sul acolheu, ontem, a sétima denúncia de impeachment contra o prefeito Daniel Guerra (REP). Foram 14 votos a 8. O documento é de autoria do ex-vice-prefeito Ricardo Fabris de Abreu, que acusa Guerra de preconceito, discriminação e ilegalidade; é a terceira denúncia de Fabris contra o prefeito, sendo os dois pedidos anteriores arquivados.
O plenário da Câmara de Caxias do Sul acolheu, ontem, a sétima denúncia de impeachment contra o prefeito Daniel Guerra (REP). Foram 14 votos a 8. O documento é de autoria do ex-vice-prefeito Ricardo Fabris de Abreu, que acusa Guerra de preconceito, discriminação e ilegalidade; é a terceira denúncia de Fabris contra o prefeito, sendo os dois pedidos anteriores arquivados.
Notícias sobre política no RS são importantes para você?
As principais alegações estão ligadas à negativa do Executivo para a bênção dos freis capuchinhos, em dezembro, na Praça Dante Alighieri; a inspeção especial do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que investiga supostas irregularidades na licitação da nova UPA Central; o desprezo pelas deliberações do Conselho Municipal de Saúde, que foi contra a terceirização do novo pronto atendimento; e que o governo não acatou a recomendação dos ministérios públicos Estadual e Federal para liberar a Praça Dante Alighieri para a realização da Parada Livre, no dia 17 de novembro de 2018. Após a votação, foram sorteados três vereadores para a composição da Comissão Processante: Alceu Thomé (PTB), Paula Iores (PSDB) e Elisandro Fiúza (REP).
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia