Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de março de 2019.
Dia contra a Discriminação Racial.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Operação Lava Jato

Alterada em 21/03 às 16h26min

Bretas determina que Temer e Moreira fiquem presos em unidade da PM em Niterói

Bretas estendeu a decisão sobre Temer a Moreira Franco, 'por ter exercido o cargo de ex-ministro'

Bretas estendeu a decisão sobre Temer a Moreira Franco, 'por ter exercido o cargo de ex-ministro'


EVARISTO SA/AFP/JC
Estadão Conteúdo
O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, acolheu os argumentos do Ministério Público Federal (MPF) e determinou que o ex-presidente Michel Temer (MDB) seja custodiado na Unidade Prisional da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, em Niterói, na região metropolitana.
Bretas estendeu a mesma decisão a Moreira Franco, "por ter exercido o cargo de ex-ministro de Estado até o recente dia de 31/12/2018", e a João Baptista Lima Filho, coronel reformado da Polícia Militar do Estado de São Paulo. 
No local, também está preso o ex-governador do Rio Luiz Fernando Pezão, do mesmo partido de Temer. Pezão está em uma cela especial por prerrogativa de cargo, mas, segundo a PM, sua rotina é igual à dos demais presos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia