Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 22 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo federal

22/01/2019 - 12h31min. Alterada em 22/01 às 12h31min

Mourão evita holofotes em cerimônia de troca de comando da cavalaria no Rio

Mourão fez a passagem de Comando do 2º Regimento de Cavalaria de Guarda Regimento no Rio

Mourão fez a passagem de Comando do 2º Regimento de Cavalaria de Guarda Regimento no Rio


TANIA RÊGO/AGÊNCIA BRASIL/JC
Estadão Conteúdo
O presidente em exercício, Hamilton Mourão, participou na manhã desta terça-feira (22), da cerimônia da troca de comando do 2º Regimento de Cavalaria de Guarda, na Vila Militar de Deodoro, na zona leste do Rio de Janeiro. Mourão não discursou no evento e saiu sem falar com a imprensa.
A cerimônia contou com algumas dezenas de militares, familiares e uma grande estrutura para suportar o intenso calor da região. Mourão, general de artilharia, foi muito homenageado no evento. O ato transcorreu sem problemas, com exceção da queda de um dos oficiais de um cavalo. O oficial machucou apenas o braço, segundo a assessoria.
A banda chegou a tocar o hino do Flamengo no final da cerimônia, time do presidente em exercício, e cuja vitória foi comemorada por ele no primeiro dia como presidente. Segundo a assessoria do evento, Mourão já tinha o compromisso da troca de comando em sua agenda de vice-presidente e decidiu mantê-lo. Depois de um coquetel fechado, Mourão viaja para Brasília.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia