Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de dezembro de 2018.
Dia do Arquiteto. Dia do Engenheiro.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

transição no planalto

Edição impressa de 11/12/2018. Alterada em 11/12 às 01h00min

Além da Funai, Damares quer Fundação Palmares

O novo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, que terá a Fundação Nacional do Índio (Funai) sob sua tutela, também deverá assumir o comando das atividades da Fundação Palmares, instituição que, atualmente, está vinculada ao Ministério da Cultura. A informação foi confirmada ao jornal O Estado de S. Paulo pela futura ministra da pasta, Damares Alves. Questionada sobre o assunto, a ministra confirmou o plano de integrar a fundação criada para incentivar a preservação da arte e da cultura afro-brasileira.
A Fundação Palmares está em atividade desde 1988, tendo sido a primeira instituição pública voltada para promoção e preservação da arte e da cultura afro-brasileira. Neste período, emitiu mais de 2,4 mil certificações para comunidades quilombolas no País. O documento reconhece os direitos das comunidades quilombolas e dá acesso aos programas sociais do governo federal.
As comunidades quilombolas foram alvos de ataque do presidente eleito Jair Bolsonaro durante discurso realizado no Clube Hebraica, no Rio de Janeiro, em abril de 2017.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia