Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 06 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

imprensa

Edição impressa de 06/12/2018. Alterada em 06/12 às 01h00min

Brasil registra declínio em índice de liberdade de expressão

Brasil é o segundo país em que as garantias para a liberdade de expressão mais decaíram nos últimos três anos, diz relatório Agenda da Expressão (Expression Agenda ou XPA), elaborado pela organização não governamental Artigo 19, e publicado ontem.

Segundo o estudo, o nível de liberdade de expressão tem declinado no mundo há 10 anos, mas teve sua queda acentuada nos últimos três, quando a imprensa mundial viu sua liberdade mais restrita.

O Brasil registrou uma decadência mais acentuada na liberdade de expressão em ambientes online ou no espaço público comum, como em protestos ou manifestações.

A organização considera especialmente alarmantes os números de ataques a jornalistas em nível global: até agora 78 jornalistas foram mortos e 326, detidos.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia