Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 01 de outubro de 2018.
Dia Nacional do Idoso e Dia do Vendedor.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

Edição impressa de 01/10/2018. Alterada em 01/10 às 01h00min

João Amoêdo participa de atividades no Estado

O candidato do Partido Novo à presidência da República, João Amoêdo, também cumpriu agenda em Porto Alegre durante o fim de semana. Na tarde deste sábado, Amoêdo participou de um ato no Parque Moinhos de Vento com militantes do partido.
O candidato do Novo estava acompanhado de postulantes de seu partido à Assembleia Legislativa gaúcha e à Câmara dos Deputados. O périplo de Amoêdo no Estado começou nesta sexta-feira, quando teceu críticas a Hamilton Mourão, vice de Bolsonaro, especialmente às críticas que o militar fez ao 13º salário.
"A liberdade é diferente de tirar (os direitos) do trabalhador, porque isso já faz parte do seu salário", disse Amoêdo a jornalistas antes de evento para militantes em Novo Hamburgo. O presidenciável esteve acompanhado do candidato a governador do Rio Grande do Sul pelo Novo, Mateus Bandeira e do respectivo vice, Bruno Miragem.
Amoêdo disse que, se eleito, para ajudar o Rio Grande do Sul, o governo federal pode "ajudar um pouco na renegociação da dívida pública, dando mais prazo para ser quitado", mas colocou que o mais importante seria um governador "que fizesse o dever de casa". Depois de Novo Hamburgo, Amoêdo cumpriu agenda em Passo Fundo, antes do ato em Porto Alegre no sábado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia