Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de setembro de 2018.
Dia Mundial do Turismo.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

Alterada em 27/09 às 13h26min

Bolsonaro deve ter alta de hospital nesta sexta e viajar para o RJ

Presidenciável trabalha com o planejamento de participar do debate da TV Globo, no dia 4 de outubro

Presidenciável trabalha com o planejamento de participar do debate da TV Globo, no dia 4 de outubro


EVARISTO SA/AFP/ARQUIVO/JC
Folhapress
Hospitalizado desde 6 de setembro, quando recebeu uma facada em Juiz de Fora (MG) durante ato de campanha, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) deve ter alta do hospital Albert Einstein, em São Paulo, nesta sexta-feira (28).
O candidato embarcará à tarde em avião para o Rio de Janeiro, onde mora em um condomínio na Barra da Tijuca, na zona oeste. Ele pegará um avião de carreira, como vinha fazendo em sua campanha antes do ataque.
Bolsonaro frequentemente se refere à morte do presidenciável Eduardo Campos, em 2014, como atentando político, e por isso se recusa a viajar de jatinho.
O capitão reformado já disse que não terá condições físicas de voltar a fazer campanhas nas ruas antes do primeiro turno, marcado para 7 e outubro. Ele permanecerá com uma bolsa de colostomia nos próximos meses, o que faz com que ele tenha que permanecer longe de ambientes de grandes aglomerações.
Por outro lado, ele trabalha com o planejamento de participar do debate da TV Globo, marcado para 4 de outubro. Ele não deve marcar presença no debate da TV Record, no domingo (30).
"Se ele sentir que vai lá para o sacrifício, ficar duas horas em pé com a bolsa de colostomia na barriga, com todos os transtornos e incômodos, ele vai avaliar", diz Flávio Bolsonaro (PSL), filho do presidenciável e candidato ao Senado no Rio, destacando, no entanto, que o pai demonstrou interesse em participar do evento.
O presidenciável também já anunciou que fará uma transmissão ao vivo nas redes sociais todos os dias durante o horário eleitoral.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia