Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 05 de setembro de 2018.
Dia da Amazônia.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

eleições 2018

Edição impressa de 05/09/2018. Alterada em 04/09 às 22h32min

Agenda 2020 define prioridades para os concorrentes ao Piratini

Agenda Candidatos

Agenda Candidatos


/JC
A Agenda 2020 reúne hoje mais de 400 voluntários de todos os segmentos da sociedade para definir as prioridades do Rio Grande do Sul a serem entregues aos candidatos ao Palácio Piratini. Após encontros de trabalho em todas as regiões gaúchas durante o primeiro semestre, agora o grupo consolidará o material a partir das 14h, no Centro de Eventos Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs).
O resultado constará no Caderno de Propostas, que será entregue pela Agenda 2020 aos candidatos ao governo do Rio Grande do Sul, ainda no primeiro turno das eleições. Os voluntários são profissionais de diversas áreas, estudantes, pesquisadores, lideranças empresariais e sociais.
A Agenda 2020 busca transformar a realidade do Rio Grande do Sul por meio da mobilização de lideranças de todos os segmentos. O primeiro passo nessa direção foi dado em março de 2006, em Porto Alegre, quando um encontro reuniu 850 voluntários, entre empresários, trabalhadores, políticos e entidades civis, representando diferentes setores da sociedade, na sede da Fiergs (Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul).
De lá para cá, em torno de mil voluntários vêm debatendo as necessidades para o desenvolvimento do Estado, identificando os gargalos que travam o crescimento e elaborando projetos em 11 fóruns temáticos.
As prioridades definidas já geraram propostas detalhadas que foram entregues para os candidatos ao governo do Estado nas duas últimas eleições.
A Agenda 2020 também faz o acompanhamento do que está sendo realizado pelo governo nas áreas definidas como prioritárias, entre elas: educação, saúde, segurança, agronegócio, cidadania e responsabilidade social, gestão pública, infraestrutura, inovação e tecnologia, meio ambiente e desenvolvimento regional.
A gestão executiva da Agenda 2020 é realizada pela Agência de Desenvolvimento Polo RS, criada em 1995 com o objetivo de atrair investimentos para o Rio Grande do Sul. A Polo RS difunde a ideia da articulação entre poder público, universidades e comunidade para pensar o futuro de uma cidade ou uma região.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia