Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de agosto de 2018.
Dia do Psicólogo e do Corretor de Imóveis.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

Alterada em 27/08 às 15h40min

Lula segue liderando pesquisa; em cenário sem ele, Bolsonaro tem 24% dos votos

Nos cenários sem Lula, candidato Jair Bolsonaro (PSL) aparece à frente nas intenções de voto

Nos cenários sem Lula, candidato Jair Bolsonaro (PSL) aparece à frente nas intenções de voto


Thiago Machado/Arte/JC
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue em primeiro lugar na preferência do eleitor, segundo pesquisa feita pelo Instituto FSB para o banco BTG Pactual e divulgada nesta segunda-feira (27). Preso no âmbito da Operação Lava Jato, Lula tem 26% das intenções de voto em um cenário espontâneo que inclui seu nome. Atrás dele estão Jair Bolsonaro (PSL), com 19% das respostas, João Amoêdo (Novo), com 3%, Geraldo Alckmin (PSDB), 2%, Marina Silva (Rede), com 2%, Ciro Gomes (PDT), com 2%, Alvaro Dias (Podemos), com 1%.
Tem destaque ainda a grande quantidade de pessoas que não deve votar em nenhum dos candidatos: as respostas "Ninguém/Nenhum" têm 15% dos votos, enquanto 5% disseram que irão votar em branco/nulo, 23% disseram não saber e 2% não responderam.
No cenário estimulado, em que uma lista de candidatos é apresentada ao entrevistado, Lula também lidera, com 35% das intenções de voto. Atrás dele vêm Jair Bolsonaro (PSL), com 22%, Marina Silva (Rede), com 9%, Geraldo Alckmin (PSDB), 6%, Ciro Gomes (PDT), com 5%, João Amoêdo (Novo), com 4%, Alvaro Dias (Podemos), com 2%, Guilherme Boulos (PSOL), com 1%, e Henrique Meirelles (MDB), com 1%. As outras respostas - Outros, 1%, Ninguém/Nenhum, 9%, Branco/Nulo, 2%, Não sabe, 3%, e Não respondeu, 1%) somam 16%.
Já no cenário sem Lula, e incluindo o candidato a vice-presidente em sua chapa, Fernando Haddad, como candidato à presidência, o líder é Jair Bolsonaro (PSL), com 24%, seguido por Marina Silva (Rede), com 15%, Geraldo Alckmin (PSDB), 9%, Ciro Gomes (PDT), com 8%, Fernando Haddad (PT), 5%, João Amoêdo (Novo), com 4%, Alvaro Dias (Podemos), com 3%, Guilherme Boulos (PSOL), com 1%, Henrique Meirelles (MDB), com 1%, e Cabo Daciolo (Patri), com 1%. As outras respostas - Outros, 2%, Ninguém/Nenhum, 18%, Branco/Nulo, 5%, Não sabe, 4%, e Não respondeu, 1%) somam 30%.
No quesito rejeição, Lula está em 8º lugar, com índice de 47%, atrás dos candidatos Geraldo Alckmin (PSDB), 59%, Marina Silva (Rede), 54%, Ciro Gomes (PDT), 53%, Henrique Meirelles (MDB), 51%, Fernando Haddad (PT), 51%, José Maria Eymael (DC), 50%, e Jair Bolsonaro (PSL), 49%.
O levantamento feito feito para o BTG Pactual - banco de investimentos que tem entre seu fundadores o economista Paulo Guedes, confirmado pelo candidato Jaris Bolsonaro (PSL) como seu futuro ministro da Economia. As perguntas foram respondidas por telefone nos dias 25 e 26 de agosto, por 2.000 eleitores com idade a partir de 16 anos, nas 27 Unidades da Federação (UFs). A margem de erro no total da amostra é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. O número de registro da pesquisa no TSE é BR-06062/2018.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia