Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de agosto de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

Alterada em 06/08 às 16h27min

Sem Lula, PT tentará levar Haddad a debates

Ex-prefeito de São Paulo é candidato a vice na chapa petista

Ex-prefeito de São Paulo é candidato a vice na chapa petista


YASUYOSHI CHIBA/AFP/JC
Folhapress
Com Luiz Inácio Lula da Silva preso, o PT decidiu consultar assessoria jurídica sobre medidas legais para garantir participação do vice, o ex-prefeito Fernando Haddad, em debates eleitorais. O secretário de Comunicação do PT, Carlos Henrique Árabe, explica que as emissoras, em sua maioria, exigem, exclusivamente, a presença do titular da chapa.
Entre os organizadores de debates que não permitiriam um representante, estão a Bandeirantes e a Rede Globo. Segundo Árabe, "o primeiro veículo foi a Folha de S.Paulo, que resolveu excluir representante". "No diálogo ou na Justiça: trata-se de representar o candidato em primeiro lugar", disse Árabe, ao responder como o partido tentará assegurar a participação de Haddad.
Líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ) afirma que o partido explorará politicamente a exclusão do vice dos debates, caso essa decisão seja mantida. Na tarde de hoje, Haddad se reunirá com Lula na Superintendência da PF em Curitiba.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia