Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 01 de agosto de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

Edição impressa de 01/08/2018. Alterada em 01/08 às 01h00min

Bolsonaro diz que não tem plano B para a economia sem seu orientador

Pré-candidato à presidência pelo PSL, o deputado federal Jair Bolsonaro afirmou que não tem um plano B caso o economista Paulo Guedes, seu consultor na área econômica, deixe de segui-lo por algum motivo. Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite de segunda-feira, o deputado federal reafirmou ser contra a cota para negros, disse que o Brasil não tem responsabilidade sobre os mais de 350 anos de escravidão, relativizou a prática de torturas durante o regime militar, criticou a entrada de refugiados no País e defendeu o voto impresso.
Muito questionado por já ter dito que não entende nada de economia, o presidenciável de extrema-direita descartou que possa haver um desentendimento entre ele e Guedes no futuro que ponha em risco a estabilidade do País. Bolsonaro voltou a se referir ao seu consultor como o "Posto Ipiranga", a quem tem delegado a função de responder questões sobre o mercado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia