Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 24 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

Edição impressa de 24/07/2018. Alterada em 24/07 às 10h40min

Ciro afirma que ainda espera fechar alianças

Após ver o bloco do Centrão fechar um acordo com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) para a corrida presidencial, o pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou que ainda espera fechar alguma aliança com outros partidos.
"Vamos ver o que escapa para mim desse balé. É muito cedo ainda. Embora esteja na cara do gol, os partidos todos praticamente decidiram que vão tomar suas deliberações no último dia", disse o presidenciável, nesta segunda-feira, em entrevista à TV Record de Santa Catarina exibida pela emissora nas redes sociais.
Ao falar sobre a necessidade de fazer alianças com partidos de diferentes ideologias, Ciro justificou "aceitar esse balé" pela necessidade de garantir governabilidade se eleito. "Tenho que aceitar esse balé. Às vezes, a população não entende, tem muita razão para isso. Quem quiser conversar, eu converso, porque estou olhando a eleição, mas tenho que olhar o dia seguinte", disse o presidenciável, dizendo que não quer ser eleito "ditador do Brasil" e que um presidente é obrigado a conversar com diferentes partidos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia