Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019.
Dia da Criação do Ministério das Comunicações.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

07/05/2018 - 22h53min. Alterada em 25/02 às 18h03min

Brasil forma 35 partidos ao longo de três décadas

Marcus Meneghetti
Passados mais de 30 anos desde a redemocratização, existem hoje no Brasil 35 partidos políticos. Outras 70 siglas estão em processo de formação, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A reforma política aprovada pelo Congresso Nacional em 2017 instituiu a cláusula de barreira, que vai vigorar já no pleito deste ano, na tentativa de diminuir o número de legendas.
Os partidos começaram a se proliferar depois do bipartidarismo (1966-1979), quando existiam apenas a Aliança Renovadora Nacional (Arena) e o Movimento Democrático Brasileiro (MDB). A Arena deu origem ao PDS (que posteriormente se desmembrou em DEM e PP); o MDB, ao PMDB (que mais tarde deu origem ao PSDB). Outras siglas foram recriadas, como o PTB.
A Constituição de 1988 causou a multiplicação dos partidos. Além disso, alguns que já existiam mudaram de nome. Outros se fundiram. Por exemplo, o Partido da Juventude mudou de nome, em 1989, para Partido da Reconstrução Nacional, que lançou Fernando Collor para presidente; hoje, se chama Partido Trabalhista Cristão.
JC
JC
JC
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia