Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 22 de setembro de 2021.
Início da Primavera. Dia do Contador. Dia Mundial sem Carro.
Porto Alegre,
quarta-feira, 22 de setembro de 2021.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 16h02min, 22/09/2021.

O governador Eduardo Leite fez o que prometeu em 2018?

Maurício Bastos de Freitas
Sem dúvida uma das marcas da eleição para o governo do Estado do Rio Grande do Sul no ano de 2018 foi o fato do então candidato Eduardo Leite sugerir para seu oponente, o governador Ivo Sartori, “levantar a bunda da cadeira”.
Sem dúvida uma das marcas da eleição para o governo do Estado do Rio Grande do Sul no ano de 2018 foi o fato do então candidato Eduardo Leite sugerir para seu oponente, o governador Ivo Sartori, “levantar a bunda da cadeira”.
Pois bem, passados aproximadamente quase três anos de governo há que se fazer uma pergunta: O governador Eduardo Leite fez o que verbalizou no calor do debate lá em 2018?
Compulsando-se aos canais oficiais de comunicação do governo estadual, bem como nas notícias veiculadas em diversos meios de comunicação, se verifica que bastante coisa mudou em relação aos governos que antecederam o atual. Inequivocamente houve equilíbrio nas contas do Estado.
Reforma administrativa; desestatizações de companhias que oneravam a eficiência estatal; salário de servidores voltou a ser pago em dia após 57 meses de atrasos; investimentos históricos em diversas áreas, R$ 76,1 milhões na Cultura, R$ 250 milhões na Saúde e R$ 1.3 bilhão para estradas; redução das alíquotas de ICMS, o que levará o Estado ao topo do ranking dos Estados com menor ICMS do País.
Por óbvio, muitas das ações positivas tiveram a contribuição da Assembleia Legislativa, que, deixando de lado questões ideológicas ou partidárias, foi parceira na agenda reformista e necessária proposta pelo governo.
Independentemente da posição política pela qual se afeiçoa, é inegável que durante seu mandato o Governador Eduardo Leite “levantou a bunda da cadeira”.
Advogado
Comentários CORRIGIR TEXTO