Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 07 de maio de 2021.
Porto Alegre,
sexta-feira, 07 de maio de 2021.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 03h00min, 07/05/2021.

Itaipu: redução de tarifa é nova realidade

General João Francisco Ferreira
Neste mês de maio, a usina de Itaipu comemora duas datas históricas: 47 anos de criação, no dia 17; e 37 anos de operação, dia 5 de maio. Nesses 37 anos de operação, brasileiros e paraguaios, trabalhando lado a lado, conseguiram atingir a produção de 2,8 bilhões de megawatts-hora, suficientes para iluminar o mundo inteiro por 45 dias. E toda essa energia veio acompanhada de um cuidadoso trabalho de preservação e recuperação do meio ambiente, com reconhecimento internacional.
Neste mês de maio, a usina de Itaipu comemora duas datas históricas: 47 anos de criação, no dia 17; e 37 anos de operação, dia 5 de maio. Nesses 37 anos de operação, brasileiros e paraguaios, trabalhando lado a lado, conseguiram atingir a produção de 2,8 bilhões de megawatts-hora, suficientes para iluminar o mundo inteiro por 45 dias. E toda essa energia veio acompanhada de um cuidadoso trabalho de preservação e recuperação do meio ambiente, com reconhecimento internacional.
Nestas duas datas de maio, é preciso lembrar que a usina é resultado de complexas negociações entre brasileiros e paraguaios, que culminaram com a assinatura do Tratado de Itaipu, em 26 de abril de 1973. Quando o Tratado completar seu cinquentenário, daqui a dois anos, o Anexo C poderá ser revisto pelos governos do Brasil e do Paraguai, com o objetivo de ajustá-lo à realidade atual.
Em 2023, a dívida dos empréstimos contraídos para construir a usina estará praticamente quitada. Com isso, a tarifa de Itaipu não terá mais entre seus custos o valor desses empréstimos, que correspondem a cerca de 70% do orçamento binacional da usina. Com a quitação, os recursos que permanecerem serão, portanto, aqueles utilizados para o custeio, o pagamento das obrigações em "royalties" e, no caso brasileiro, o ICMS, sem que nenhuma das margens, brasileira e paraguaia, sofra qualquer perda.
O setor elétrico é sinônimo de progresso e de responsabilidade social, tanto no Brasil quanto no Paraguai. E esta responsabilidade social inclui a redução do custo da energia de Itaipu, para que brasileiros e paraguaios paguem menos na conta de luz.
O presidente Jair Bolsonaro está empenhado em reduzir o custo da energia elétrica para o assalariado, para o empreendedor, para o empresário e para a população em geral. Além disso, na gestão de meu antecessor, general Joaquim Silva e Luna, foram investidos recursos em obras estruturais, como a sonhada segunda ponte entre os dois países, a Avenida Perimetral, que vai tirar do Centro de Foz do Iguaçu o tráfego de caminhões pesados, o mercado público e outras espalhadas pelo Oeste do Paraná.
Vamos seguir trabalhando, juntos com os governos federal, estadual e dos municípios lindeiros para que, em 2022, além de alcançar uma redução significativa na tarifa de energia de Itaipu, possamos continuar investindo na atualização tecnológica, na preservação do meio ambiente e nas obras estruturantes, que possam cooperar com o desenvolvimento social e econômico de toda a região.
Diretor-geral brasileiro de Itaipu
Comentários CORRIGIR TEXTO