Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 01 de fevereiro de 2021.
Dia do Publicitário.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 01 de fevereiro de 2021.

Opinião

Compartilhar

ARTIGO

- Publicada em 03h00min, 01/02/2021.

Investir em estradas fortalece a economia

O investimento na infraestrutura rodoviária tem sido uma estratégia indispensável para retomarmos o desenvolvimento do Rio Grande do Sul. Enquanto gestores públicos, temos o dever de criar políticas capazes de fortalecer esse modal, responsável por 80% do transporte de cargas e passageiros em território gaúcho.
O investimento na infraestrutura rodoviária tem sido uma estratégia indispensável para retomarmos o desenvolvimento do Rio Grande do Sul. Enquanto gestores públicos, temos o dever de criar políticas capazes de fortalecer esse modal, responsável por 80% do transporte de cargas e passageiros em território gaúcho.
Sob essa premissa, mesmo durante a pandemia reunimos esforços para retomar e concluir mais de trinta projetos de qualificação de estradas estaduais nos últimos dois anos. São ações de pavimentação, recuperação e ampliação de vias fundamentais para a mobilidade e a redução do custo logístico.
Exemplo disso é a conclusão da duplicação da ERS-118, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A obra - aguardada há mais de vinte anos - já tem transformado a realidade dos municípios de Sapucaia do Sul, Esteio, Cachoeirinha e Gravataí. Basta observar as novas empresas que se instalam às margens da rodovia, atraindo investimentos e gerando centenas de empregos diretos.
No interior, investimos aproximadamente R$ 100 milhões na conclusão de oito ligações asfálticas, em comunidades como Carlos Gomes, Muliterno, Boqueirão do Leão e Cândido Godói. Outras dez obras do programa estão em andamento, no intuito de tornarmos ainda mais eficiente e competitiva nossa malha rodoviária. Mas além da gestão séria dos recursos públicos disponíveis para as nossas estradas, é necessário encontrarmos soluções criativas, a fim de contornarmos as dificuldades financeiras que ainda restringem as ações do Estado. Nesse sentido, a parceria com a iniciativa privada tem se mostrado uma solução eficaz para que a população gaúcha não veja suas reivindicações adiadas por mais tempo.
É o caso do acordo inédito recém firmado entre o governo estadual e a John Deere, que resultará em uma obra de R$ 40 milhões em Horizontina, na Região Noroeste. Essa iniciativa garantirá a construção de uma intersecção de quase oito quilômetros entre as rodovias ERS-305 e ERS-342. Os serviços serão totalmente custeados pela empresa, com o valor abatido do seu ICMS devido. Quem ganha, acima de tudo, é a sociedade.
Com estradas melhores, a economia se fortalece e a autoestima das pessoas se renova. E é assim que conseguiremos avançar na superação da crise e tornar cada vez mais real o crescimento do nosso Estado.
Secretário de Logística e Transportes do Rio Grande do Sul
Juvir Costella
Comentários CORRIGIR TEXTO