Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 03h00min, 14/10/2020.

Perceba o risco e proteja a vida!

Carlos Antônio Kummel Felix
A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou a ONU que o trânsito causava a morte de aproximadamente 1,3 milhão de pessoas e a incapacitação de milhões de outras. Cerca de 90% das mortes e das lesões causadas pelo trânsito ocorrem em países de baixa ou média renda. Iniciou-se, assim, a Década de Ação pela Segurança no Trânsito (2011-2020).
A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou a ONU que o trânsito causava a morte de aproximadamente 1,3 milhão de pessoas e a incapacitação de milhões de outras. Cerca de 90% das mortes e das lesões causadas pelo trânsito ocorrem em países de baixa ou média renda. Iniciou-se, assim, a Década de Ação pela Segurança no Trânsito (2011-2020).
Acompanhando com preocupação essa realidade, o Grupo de Estudos em Mobilidade Urbana (GeMob) da Universidade Federal de Santa Maria chama a atenção da sociedade para o Movimento Maio Amarelo e para a Semana Nacional do Trânsito (setembro), os quais estabelecem campanhas educativas com o tema principal "perceba o risco, proteja a vida".
Nos últimos anos, o GeMob desenvolveu muitas atividades promovendo a Segurança para o Trânsito, como a organização de minicursos e palestras, além de uma campanha institucional, produzida no Centro de Tecnologia (CT) da UFSM, com a elaboração de adesivos e artes para divulgação e nas mídias sociais. Destaque-se a exposição proferida por José Aurélio Ramalho, presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, que contou com a presença de autoridades da Polícia Rodoviária Federal, Dnit, prefeitura de Santa Maria e representantes de Centros de Formação de Condutores e de empresas de transportes.
À época, no CT da UFSM, foram disponibilizados dois simuladores da ROTA para o público acadêmico, distribuição de folders educativos e aplicação de pesquisas de satisfação. Na ocasião, estiveram presentes representantes de entidades envolvidas na segurança do trânsito, a citar o Centro de Condutores do Exército Brasileiro e SEST/SENAT. Na enquete (público de 18 a 25 anos e maioria não possuía CNH), 75% aprovaram a experiência no simulador, com 72% afirmando que ele facilita a aprendizagem.
Nosso Grupo também participou de conscientização no calçadão de Santa Maria, com o objetivo de levar orientações relevantes às pessoas (motoristas e pedestres), alertando para um deslocamento consciente e seguro no espaço público: não usar o celular enquanto está ao volante, nunca dirigir após ingerir bebida alcoólica e cuidar os limites de velocidade.
Em 2020, o GEMOB uniu-se a essas campanhas, que aconteceram pelas plataformas virtuais, no sentido de levantar a importância da segurança viária em nossa cidade a fim de estimular a reflexão sobre o comportamento de cada cidadão no trânsito. Portanto, nestes tempos de pandemia, sigamos as orientações sanitárias e de cuidado no trânsito. Se precisar sair, seja motorizado, seja a pé, perceba o risco e proteja a vida!
Professor de Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Maria e coordenador do GeMob
 
Comentários CORRIGIR TEXTO