Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 03 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 03 de setembro de 2020.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 03h00min, 03/09/2020.

Retomada segura do entretenimento

Edson Dutra
O setor do entretenimento foi um dos mais impactados com a pandemia da Covid-19. Casas de shows e festas, cinemas, teatros e outros estabelecimentos são considerados de muito alto risco para o contágio pelo coronavírus. Além das restrições impostas pelos governos, a população também tem medo de retornar a frequentar estes lugares, sem que rigorosos protocolos de biossegurança sejam estabelecidos. Por outro lado, a diversão é necessária como forma de descompressão nestes tempos difíceis. E todos estes estabelecimentos movimentam a economia, gerando emprego e renda.
O setor do entretenimento foi um dos mais impactados com a pandemia da Covid-19. Casas de shows e festas, cinemas, teatros e outros estabelecimentos são considerados de muito alto risco para o contágio pelo coronavírus. Além das restrições impostas pelos governos, a população também tem medo de retornar a frequentar estes lugares, sem que rigorosos protocolos de biossegurança sejam estabelecidos. Por outro lado, a diversão é necessária como forma de descompressão nestes tempos difíceis. E todos estes estabelecimentos movimentam a economia, gerando emprego e renda.
Nossa empresa liderou um estudo, realizado em parceria com uma consultoria ambiental, para estabelecer protocolos seguros para uma retomada gradual das atividades, com muita segurança para todos os envolvidos. Buscamos apoio da ciência para garantir a implantação de medidas para reduzir ao máximo as possibilidades de contágio em nossa sede.
Os 62 protocolos que serão adotados no Fever Club trazem uma base científica segura. Estamos adotando um sistema inédito de desinfecção ativa para garantia da qualidade do ar interior dos ambientes, combatendo qualquer inóculo infectante, inclusive por via de aerossóis, desenvolvido por uma empresa gaúcha, valorizando a ciência gaúcha. O sistema tem ação no ar e nas superfícies dos ambientes, com o intuito de combater bactérias, fungos e vírus, e não apresenta riscos à saúde humana.
Sem dúvida, será uma experiência nova para todos que forem a uma balada daqui para frente. Também para nós, empresários deste setor. Um novo modelo de normalidade se impõe e estamos prontos para nos adaptarmos a ele. Zelamos pelas vidas dos nossos clientes, parceiros e funcionários, e, por isso, não mediremos esforços para oferecer um ambiente saudável, que leve diversão às pessoas (algo muito necessário neste momento) e que também seja fonte de renda para muitos profissionais.
A pandemia começa a dar sinais de recuo. Ainda é cedo para qualquer comemoração, mas os negócios precisam antever o futuro que se aproxima. E queremos deixar essa contribuição não somente para a nossa casa noturna, mas para todo o setor do entretenimento, que entrou em grave crise com o fechamento dos estabelecimentos.
Empresário
 
Comentários CORRIGIR TEXTO