Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 19 de julho de 2020.
Nelson Mandela Day.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 19 de julho de 2020.

Opinião

Compartilhar

Artigo

- Publicada em 16h51min, 28/05/2020. Alterada em 16h51min, 28/05/2020.

É preciso enxergar além da crise

Rodrigoh Henriques
Na física, o termo singularidade se aplica perfeitamente ao momento atual em que um fenômeno extremo é tão único que não há explicação capaz de descrevê-lo, forçando uma curva evolutiva na ordem mundial. A soma de um mundo totalmente conectado, físico e digitalmente, fez com que um vírus vindo do outro lado do planeta mudasse o curso da história. Da sua história, da história da sua empresa, da história do nosso mundo.
Na física, o termo singularidade se aplica perfeitamente ao momento atual em que um fenômeno extremo é tão único que não há explicação capaz de descrevê-lo, forçando uma curva evolutiva na ordem mundial. A soma de um mundo totalmente conectado, físico e digitalmente, fez com que um vírus vindo do outro lado do planeta mudasse o curso da história. Da sua história, da história da sua empresa, da história do nosso mundo.
Os desafios que prevíamos para um futuro próximo nos alcançaram de forma repentina e agora é necessário repensar a nova realidade e enfrentá-la com criatividade e inovação. Estratégias precisam ser postas em prática para garantir resultados. É fundamental fugir da inércia, buscando novos caminhos com metas bem claras de onde ir e, principalmente, de como alcançar os objetivos. Portanto, as empresas que se organizarem e se prepararem desde já, estarão na frente e terão muito mais possibilidades de se adequarem aos novos modelos de negócios que o futuro já está exigindo.
Como avançar em um terreno tão desafiador onde os resultados determinarão quem terá o diferencial necessário para se manter competitivo no mercado? Uma boa resposta está no modelo Cynefin, criado por uma das maiores autoridades do mundo em tomada de decisões, o professor britânico Dave Snowden. Nele são detalhados cinco domínios e suas estratégias para a tomada de decisão - Simples, Complicado, Complexo, Caótico e Desordem.
Depois que entendemos em qual ‘domínio’ estamos, podemos considerar qual a melhor forma de agir, que tipo de padrão as decisões costumam seguir e em que velocidade nosso contexto está mudando.
O modelo Cynefin facilita a compreensão do impacto deste momento tão singular e quais as ações necessárias para seu enfrentamento. É preciso enxergar além do cenário atual, com líderes e tomadores de decisão traçando estratégias que garantam o futuro dos negócios. Quando a crise passar, e vai, ficará claro quais empresas se organizaram para enfrentar os desafios pontuais gerados por esta pandemia, e quais empresas pensaram além, se preparando para o novo contexto que virá.
Head de Inovação da Federação Nacional de Associações dos Servidores do Banco Central
Comentários CORRIGIR TEXTO