Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de novembro de 2019.
Feriado nos EUA - Dia de Ação de Graças.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 28/11/2019.
Alterada em 28/11 às 08h19min
COMENTAR | CORRIGIR

Frases e Personagens

Entrevista especial com a prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas

Entrevista especial com a prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas


/MARIANA CARLESSO/JC
"Faremos uma Parceria Público-Privada (PPP) na iluminação pública de Pelotas, modernizando todos os pontos da cidade com tecnologia LED. Vamos tornar Pelotas mais segura reduzindo a criminalidade. No Calçadão, onde a LED já foi instalada, as lojas ficam abertas até mais tarde, com mais gente circulando." Paula Mascarenhas (PSDB), prefeita de Pelotas.
"Faremos uma Parceria Público-Privada (PPP) na iluminação pública de Pelotas, modernizando todos os pontos da cidade com tecnologia LED. Vamos tornar Pelotas mais segura reduzindo a criminalidade. No Calçadão, onde a LED já foi instalada, as lojas ficam abertas até mais tarde, com mais gente circulando." Paula Mascarenhas (PSDB), prefeita de Pelotas.
"Não há mais espaço para AI-5 no Brasil. Hoje, só cabe o que está na Constituição. Para casos extremos que por acaso possam acontecer, como no Chile, a nossa Constituição é clara e prevê Estado de Defesa e Estado de Sítio, que poderiam ser decretados pelo presidente, mas isso precisaria de aval do Congresso." General Eduardo José Barbosa, presidente do Clube Militar.
"Elogio a forma como o governo municipal traz questões do déficit, que será de R$ 337 milhões em 2020. É claro e transparente que estamos correndo atrás do prejuízo. Embora pareçam grandes, os investimentos previstos de R$ 573 milhões para 2020 são muito pequenos, significando 7% de cada real arrecadado de imposto, com 46 centavos deste mesmo real para despesas correntes. Há claro desequilíbrio no orçamento." Felipe Camozzato (Novo), vereador.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia