Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de agosto de 2019.
Dia Nacional da Juventude .

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

Artigo

12/08/2019 - 14h45min. Alterada em 12/08 às 15h19min

O único argumento deles

Marcelo Aiquel
Marcelo Aiquel
Você já deve ter cometido à insanidade de “tentar” debater com
alguém da esquerda radical.
Nesta hora se vê o quão certo estava o músico Lobão, quando disse
que discutir com um petista (ou assemelhado ideologicamente) era o
mesmo que jogar xadrez com um pombo. Todo mundo que tenha
neurônios ativos sabe bem o porquê desta afirmação...
Quando estão em maioria, o argumento principal deles é
o grito. Sim, eles sempre (e isto é comum) tentam “ganhar a discussão no
grito”. Isso, antes de expulsarem do recinto, ou até agredirem, o oponente
(dependendo muito de “quem” representam, pois existem núcleos da
esquerda sempre prontos pro pau – é logico que quando estão em
superioridade numérica...).
Ah, e nunca se esquecem de repetir os mesmos (surrados e
ultrapassados) mantras. Na sua totalidade, totalmente fakes ou ilegais
(tipo: Lula livre).
Desta forma, e completamente desesperados diante da quantidade de
“trapalhadas” que já se acostumaram a patrocinar (graças a Deus),
começam a “cair na real” (que jamais conseguirão derrubar o Capitão) e
falam em matá-lo. Como se isso resolvesse todos os problemas.
Na doutrina deles, talvez esta seja a saída. Parece que deu certo em
Santo André, com o ex-prefeito Celso Daniel.
Tal qual um bate-bola contra o paredão (quem já jogou tênis sabe o
maçante que é), debater qualquer assunto com incoerentes é perda de
tempo. Porque a incoerência deixa a cegueira tomar conta do raciocínio
lógico.
É exatamente assim que agem os bolivarianos e os defensores de
um regime que fracassou em todos os recantos onde foi instalado
(quase sempre através de golpe, ou "gopi" – como dizem os Lulopetistas).
Sempre com muita ganância e com argumentos pueris e/ou risíveis!
Advogado 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia