Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 08 de outubro de 2018.
Dia Nacional do Combate a Cartéis.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

08/10/2018 - 01h00min. Alterada em 08/10 às 01h00min

Simers: uma fortaleza a serviço da saúde

Clarissa Coelho Bassin
Uma disputa acirrada deve marcar os últimos dias de eleição da nova diretoria do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), com encerramento no dia 5 de novembro. Afinal, com 87 anos e somando 15,6 mil associados, a entidade é hoje o maior sindicato médico da América Latina a despertar a atenção dentro e fora de seu segmento.
Isso não ocorreu por acaso. Desde sua fundação, a escolha dos dirigentes se deu de forma acertada, em clima de cordialidade, entre pessoas reconhecidamente competentes e comprometidas com seus ideais.
Este ano, em especial, algumas pessoas resolveram se opor à forma como os assuntos vinham sendo tratados, optando por instaurar a rivalidade, instabilidade e insegurança. Sem dúvida, o surgimento de mais de uma chapa é sempre salutar ao processo de disputa. O que é inaceitável, no entanto, é a maneira, é o caminho trilhado para chegar lá. A qualquer preço, a qualquer custo, não importa o que está pela frente.
Como médica associada e fazendo parte da construção do que significa hoje o Simers no cotidiano de milhares de profissionais, gostaria de manifestar minha crença de que a manipulação será refutada e a verdade prevalecerá. Dessa forma, o Simers continuará sendo a fortaleza que ampara a atividade médica, em quaisquer circunstâncias
Estou convicta de que ao final destas eleições os médicos gaúchos poderão comemorar a força de trabalho da nova equipe, sempre zelando pelos interesses da classe médica e acima de tudo comprometida com os valores da entidade. A categoria médica agradece.
Médica do Trabalho
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia