Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

Edição impressa de 11/09/2018. Alterada em 11/09 às 01h00min

Exército vai duplicar a BR-116

Nilton Santos
Mais uma vez, o Exército brasileiro vai assumir uma obra de grande importância e fundamental para o desenvolvimento do Rio Grande do Sul. Será a duplicação da rodovia BR-116, entre os municípios de Guaíba, Barra do Ribeiro e Tapes (lotes 1 e 2), que foram abandonados pela empresa responsável pela execução da obra. São 51 quilômetros que vão ajudar no escoamento da safra agrícola, nos transportes de cargas para o porto de Rio Grande, e acima de tudo, na redução de acidentes fatais no trecho. Quantas vidas foram ceifadas com colisões de veículos na estrada? Recentemente, em Barra do Ribeiro, um acidente com quatro caminhões e um automóvel vitimou três pessoas - tragédias que tornaram-se comuns na rodovia federal. Conforme divulgado pela imprensa, serão 300 homens que irão trabalhar na obra, com conclusão prevista em 42 meses. Mas claro, tudo vai depender da liberação de verbas pelo governo federal. Portanto, é bom prefeitos e deputados ficarem ligados em Brasília para que não faltem os recursos necessários para o Exército realizar o projeto de duplicação da BR-116, com orçamento previsto de R$ 200 milhões. Possivelmente, o 1º BFv (Batalhão Ferroviário), que tem 163 anos de muita experiência, com sede em Lages (SC), será a unidade militar de engenharia de construção que vai realizar a grande obra esperada por todos os moradores da região Centro-Sul.
Atualmente, o batalhão está construindo a Rodovia SC-438 - o Caminhos da Neve, entre as serras catarinense e gaúcha -, ligando os municípios de São Joaquim e Bom Jardim da Serra, na divisa dos estados. A obra de duplicação da BR-116 também vai trazer mais dividendos para as cidades da região, já que os soldados/trabalhadores vão consumir no comércio local itens como alimentação, vestuários, combustíveis, serviços etc... Então, mãos à obra. Que o nosso Exército construa mais uma estrada, desta vez de importância estratégica para o estado do Rio Grande do Sul e os países do Cone Sul
Jornalista e cientista político
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia