Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 03 de setembro de 2018.
Feriado nos EUA - Dia do Trabalho.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

Artigo

03/09/2018 - 01h00min. Alterada em 03/09 às 02h20min

Como será o amanhã?

Eduardo Hugo Müller
O ano de 2018 tem sido de desafios e superação para todos nós, como representantes de um dos segmentos mais importantes da indústria do País, que é o setor de HVAC&R (refrigeração, ar-condicionado, ventilação e aquecimento). O segmento enfrenta, de um lado, a economia estagnada nos últimos anos que impôs enormes dificuldades para todos. Ao mesmo tempo, o mercado competitivo e cheio de inovações obriga as empresas a buscarem qualificação e investimento no conhecimento de novas tecnologias e processos que ajudam a aumentar a eficiência.
É nesse cenário que estamos trabalhando com um dos eventos mais importantes do Brasil, que será realizado no Rio Grande do Sul entre os dias 25 e 27 de setembro, no Centro de Eventos BarraShoppingSul, em Porto Alegre. Entre os debates, um deles, que está presente há alguns anos, é a necessária eficiência energética dos equipamentos. Considerando que entre 40% e 60% do consumo de energia em uma edificação está relacionado ao sistema de climatização, os sistemas de HVAC&R possuem importante papel para sua redução. Além disso, cumprem um importante papel na melhora da qualidade ambiental interna e diminuição das emissões de gás carbônico.
As inovações tecnológicas despertam grande interesse e geram muita expectativa para conhecermos o que o segmento está oferecendo. A cada ano, surgem verdadeiras revoluções, que tornam os equipamentos mais eficientes e sustentáveis, e o conhecimento nesse aspecto é indispensável. A qualidade do ar interno deve ser outro assunto em destaque, alavancado ainda mais com a recente entrada em vigor da legislação do Plano de Manutenção, Operação e Controle de Ar Condicionado (PMOC). Será um importante momento para compreender, identificar oportunidades de acordo com as premissas estabelecidas nas leis e normas atualmente vigentes. Além disso, o evento é, também, uma oportunidade para networking entre profissionais de diversas áreas que compõem a cadeia de climatização e refrigeração.
Presidente da Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação (Asbrav) 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia