Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 24 de agosto de 2018.
Dia do Artista.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigo

24/08/2018 - 01h00min. Alterada em 24/08 às 01h00min

Os psicopatas no poder

Irani Mariani
A médica psiquiátrica e professora universitária Ana Beatriz Barbosa Silva em seu livro "Mentes perigosas, o psicopata mora ao lado" afirma que os psicopatas "não provêm de uma mente adoecida, mas sim de um raciocínio frio e calculista combinado com uma total incapacidade de tratar as outras pessoas como seres humanos pensantes e com sentimentos." (pág. 38). Para ela a psicopatia não tem cura e os psicopatas são extremamente hábeis, inteligentes, charmosos, atraentes e são capazes de atropelar a tudo e a todos com total egocentrismo e indiferença para atingir seus perversos objetivos.
Acaso isso não calha como uma luva na maioria das nossas elites dominantes? Como explicar a morte e a miséria de milhões de brasileiros por falta de assistência médica, salário digno, entre outras, devido a malversação do dinheiro público e privilégios de nossa elite dominante? Acaso a falta de investimentos na educação e na geração de empregos também não é responsável pela bandidagem fora de controle pelo Brasil afora?
Estamos próximos das eleições. Tirando os psicopatas do poder quantos vão sobrar? A população clama pelo fim dos políticos corruptos. Não é difícil identificá-los nas redes sociais. Para isso, precisamos ficar antenados com candidatos que se apresentam com promessas milagrosas e salvadores, pois a saída do atoleiro a que fomos jogados será muito dura e exigirá muito o sacrifício de todos nós. Os candidatos honestos precisam dizer isso e apresentar soluções reais e não fantasiosas. A extirpação dos políticos corruptos deve ser total, pois somente assim teremos um Brasil renovado e sem corrupção. Por isso, a solução virá das urnas: se votarmos conscientemente.
Advogado
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia