Porto Alegre, segunda-feira, 21 de setembro de 2020.
Dia da Árvore. Dia do Radialista e do Fazendeiro.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 21 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SANEAMENTO

Notícia da edição impressa de 21/09/2020. Alterada em 21/09 às 15h25min

Corsan apresenta plano de ação para investimentos em obras nas cidades da região das Hortênsias

Estatal de saneamento planeja investir R$ 240 milhões

Estatal de saneamento planeja investir R$ 240 milhões


ARQUIVO CORSAN/DIVULGAÇÃO/JC
A prefeitura de Canela reuniu-se com membros da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), a fim de acompanhar a apresentação do desenvolvimento do Plano de Ação do Sistema Integrado das Hortênsias. A execução, que prevê investimentos de R$ 240 milhões em obras até 2024, aumentará a capacidade de abastecimento de água em Canela e trará melhorias na questão de tratamento de esgoto.
 As obras realizadas pela Corsan estão divididas entre intervenções pontuais e planos maiores para as cidades. Em uma delas, a perfuração de oito poços artesianos em Gramado evitará que mais água seja levada ao município vizinho, mantendo a vazão regular aqui. As outras melhorias dizem respeito a: 6,5 quilômetros de adutora de água bruta, 15,7 quilômetros de água tratada, três estações de tratamento de esgoto (ETA) compactadas, quatro reservatórios e a duplicação da ETA 2, no Distrito Industrial.
 Somente em abastecimento, os investimentos são calculados em R$ 90 milhões. As três ETAs deverão estar prontas em dezembro próximo, e um poço será perfurado no bairro Suzana, aumentando em 10% a captação de água em Canela - 90 litros por segundo. Na questão de tratamento de esgoto, a estimativa é de R$ 160 milhões em obras. A ETE Santa Terezinha, por exemplo, deverá ser concluída em março de 2021. Lá serão investimentos em torno de R$ 25 milhões, o que impactará na melhoria na qualidade da água da cascata do Caracol.
 Para a prefeitura, o plano apresentado pela Corsan é satisfatório, já que elaborou um plano abrangente e entrega obras em prol do abastecimento de água. "A partir da conclusão das obras, nós vamos ter uma segurança hídrica por um longo tempo", disse Lutero Cassol, gestor da Unidade de Saneamento Especial das Hortênsias
Comentários CORRIGIR TEXTO

EXPEDIENTE

2020