Porto Alegre, sexta-feira, 03 de junho de 2022.
Dia Mundial do Administrador de Pessoal.
Porto Alegre,
sexta-feira, 03 de junho de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

GUERRA NA UCRÂNIA

- Publicada em 02/06/2022 às 19h43min.

Rússia toma cidade no leste e controla 20% do território da Ucrânia

Ucrânia tem perdido de 60 a 100 soldados por dia na faixa leste do país

Ucrânia tem perdido de 60 a 100 soldados por dia na faixa leste do país


ANATOLII STEPANOV/AFP/JC
Ao completar 100 dias de invasão à Ucrânia, nesta sexta-feira (3), o Exército russo ocupa 20% do território ucraniano, estreitando o cerco ao leste do país, principal objetivo de Moscou. Nesta quinta-feira (2), véspera dos 100º dia da guerra, a Rússia tomou Severodonetsk, cidade estratégica para se alcançar o controle total de Donbass.
Ao completar 100 dias de invasão à Ucrânia, nesta sexta-feira (3), o Exército russo ocupa 20% do território ucraniano, estreitando o cerco ao leste do país, principal objetivo de Moscou. Nesta quinta-feira (2), véspera dos 100º dia da guerra, a Rússia tomou Severodonetsk, cidade estratégica para se alcançar o controle total de Donbass.
O presidente ucraniano, Volodomir Zelensky, confirmou a dimensão da ocupação russa em uma videoconferência ao Parlamento de Luxemburgo e explicou que as linhas de frente da batalha agora se estendiam por mais de 1.000 km. Segundo o estado-maior das forças armadas da Ucrânia, além do ataque à cidade, as forças russas também estavam atacando outras partes do leste e nordeste do país.
"A situação no leste é muito difícil", admitiu o presidente ucraniano em entrevista ao veículo norte-americano Newsmax. "Estamos perdendo de 60 a 100 soldados por dia, mortos em ação, e cerca de 500 pessoas feridas em ação", disse ele.
Com constantes bombardeios a centros urbanos, a ação russa na região leste começa a dar frutos. Três meses após o início da invasão, os russos controlam em torno de 125 mil km2. Desde a anexação da Crimeia e a captura de um terço de Donbass em 2014, até o início da invasão, as forças russas ou pró-russas controlavam 43 mil km2 na Ucrânia.
A partir de 24 de fevereiro, o Exército russo avançou no leste e no sul, ao longo da costa do Mar Negro e do Mar de Azov, e controla agora um corredor costeiro estratégico que liga o leste da Rússia à Crimeia. "A situação mais difícil está na região de Lugansk, onde o inimigo está tentando expulsar nossas tropas de suas posições", disse o comandante-em-chefe das Forças Armadas da Ucrânia, Valeri Zalujni, em um comunicado.
O controle de Severodonetsk e Lysychansk, do outro lado do rio Siverski Donets, daria a Moscou o controle de toda Lugansk - um dos objetivos declarados do presidente russo, Vladimir Putin. Isso mudaria ainda mais o impulso do campo de batalha em favor da Rússia depois que suas forças foram afastadas da capital Kiev e do norte da Ucrânia.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO