Porto Alegre, sexta-feira, 26 de novembro de 2021.
Porto Alegre,
sexta-feira, 26 de novembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

África do Sul

- Publicada em 26/11/2021 às 10h07min.

África do Sul reforça apelo por vacinação contra Covid, após localizar nova cepa

Variante possui alto número de mutações que podem torná-la mais transmissível, dizem cientistas

Variante possui alto número de mutações que podem torná-la mais transmissível, dizem cientistas


Christof STACHE/AFP/JC
O governo da África do Sul publicou comunicado, no qual reforça a importância de que a população local se imunize contra a Covid-19. A administração diz que as vacinas continuam a ser o meio mais eficaz de combater o vírus e casos graves da doença, mas também defende o uso de máscaras em locais públicos, para evitar a disseminação do problema.
O governo da África do Sul publicou comunicado, no qual reforça a importância de que a população local se imunize contra a Covid-19. A administração diz que as vacinas continuam a ser o meio mais eficaz de combater o vírus e casos graves da doença, mas também defende o uso de máscaras em locais públicos, para evitar a disseminação do problema.
"Vamos acabar com o poder da nova variante nos vacinando para limitar o número de mutações, e salvar nosso verão porque as vacinas enfrentam as variantes", diz o texto.
Em outro comunicado, o governo sul-africano comenta o fato de que o Reino Unido decretou na quinta-feira (25) um veto a voos do país, por causa da nova variante.
O texto nota que Londres tomou a decisão antes mesmo de a Organização Mundial de Saúde (OMS) analisar e se pronunciar sobre a gravidade da nova cepa e diz que estará em contato com o país para tentar reverter a decisão. Outras nações anunciaram decisões na mesma linha.
Europa vai propor veto a viagens do sul da África diante de nova cepa
A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen afirmou nesta sexta-feira (26) em sua conta no Twitter que o órgão executivo da União Europeia proporá, "em coordenação próxima com países membros", uma interrupção emergencial das viagens aéreas da região sul do continente africano. O motivo, segundo ela, é o fato de a África do Sul ter identificado uma "variante de preocupação" da Covid-19. Em tuíte publicado na quinta-feira, Von der Leyen alertava para a nova onda de casos da Covid-19 na Europa e pedia que a vacinação fosse reforçada no bloco.
OMS convoca reunião para discutir variante
A Organização Mundial de Saúde (OMS) convocou uma reunião de especialistas para esta sexta-feira (26) a fim de discutir se declara a nova cepa da Covid-19 localizada na África do Sul como uma "variante de preocupação". Cientistas têm afirmado que a nova variante possui um alto número de mutações, as quais podem torná-la mais transmissível e permitir que ela contorne algumas das respostas imunes detonadas por infecção anterior ou pela vacinação.
Agência Estado
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO