Porto Alegre, sábado, 09 de outubro de 2021.
Dia Mundial dos Correios.
Porto Alegre,
sábado, 09 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

TURISMO

- Publicada em 09/10/2021 às 11h08min.

EUA vão aceitar Coronavac para entrada de visitantes estrangeiros

Companhias aéreas foram informadas sobre as novas regras para que pudessem atualizar seus sistemas de informações

Companhias aéreas foram informadas sobre as novas regras para que pudessem atualizar seus sistemas de informações


JOE RAEDLE/GETTY IMAGES/AFP/JC
Os Estados Unidos vão aceitar a entrada de visitantes vacinados com vacinas contra a Covid-19 autorizadas pelos órgãos reguladores dos Estados Unidos da América (EUA) e também aquelas autorizadas para uso emergencial pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A Coronavac se inclui nessa lista. A informação foi publicada pela agência de notícias Reuters na noite desta sexta-feira (8).
Os Estados Unidos vão aceitar a entrada de visitantes vacinados com vacinas contra a Covid-19 autorizadas pelos órgãos reguladores dos Estados Unidos da América (EUA) e também aquelas autorizadas para uso emergencial pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A Coronavac se inclui nessa lista. A informação foi publicada pela agência de notícias Reuters na noite desta sexta-feira (8).
O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) disse que seis vacinas aprovadas pela FDA, a agência reguladora norte-americana e listadas para uso emergencial pela OMS atendem aos critérios para que o visitante possa entrar nos EUA. Atualmente, a lista da OMSinclui, para uso emergencial, os imunizantes Coronavac, Pfizer/BioNTech, AstraZeneca, Janssen, Moderna e Sinopharm. Dessas, as quatro primeiras estão sendo utilizadas no Brasil.
Em setembro, o coordenador da Casa Branca para resposta ao vírus, Jeff Zients, já havia dito que o governo dos EUA planejava permitir a entrada de turistas de 33 países, incluindo Brasil, China, Índia e a maior parte da Europa, que estivessem completamente vacinados, mas não especificou quais imunizantes seriam aceitos.
O CDC disse ainda que no início da semana as companhias aéreas foram informadas sobre as novas regras para que pudessem atualizar seus sistemas de informações. O centro também disse que vai divulgar orientações e informações adicionais sobre as novas formas de acompanhamento epidemiológico dos viajantes internacionais.
Agência Brasil
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO