Porto Alegre, terça-feira, 14 de setembro de 2021.
Aniversário da cidade de Viamão.
Porto Alegre,
terça-feira, 14 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Argentina

- Publicada em 21h25min, 14/09/2021.

Na esteira das primárias, governo argentino anuncia obras e planos de aumentar salários

'A pandemia não nos freou', afirmou Fernández no evento de lançamento dos projetos

'A pandemia não nos freou', afirmou Fernández no evento de lançamento dos projetos


Maximiliano LUNA/TELAM/AFP/JC
O governo da Argentina anunciou nesta terça-feira (14), o início de 25 obras em 15 províncias do país. "A pandemia não nos freou", afirmou o presidente Alberto Fernández no evento de lançamento dos projetos, de acordo com a agência oficial Télam. Além disso, um deputado governista, Marcelo Casaretto, apresentou projeto para permitir que se elevem por decreto os salários de funcionários com contrato, nos setores público e privado.
O governo da Argentina anunciou nesta terça-feira (14), o início de 25 obras em 15 províncias do país. "A pandemia não nos freou", afirmou o presidente Alberto Fernández no evento de lançamento dos projetos, de acordo com a agência oficial Télam. Além disso, um deputado governista, Marcelo Casaretto, apresentou projeto para permitir que se elevem por decreto os salários de funcionários com contrato, nos setores público e privado.
Fernández disse que agora é hora de "ordenar, continuar a fazer o que estávamos fazendo, fazer o que tivemos de adiar e corrigir o que fizemos mal", em referência às eleições, de acordo com a Télam. Segundo ele, "a Argentina merece algo melhor do que aconteceu com a gente em 2019", quando o presidente era o hoje oposicionista Mauricio Macri e o país viveu uma crise econômica. O presidente destacou a importância da eleição legislativa de novembro, após no domingo (12) seu grupo ter tido um resultado ruim nas primárias para essa disputa.
Candidata da governista Frente de Todos a deputada, Victoria Tolosa Paz afirmou que nos próximos dias o governo publicará medidas na frente salarial, segundo a agência de notícias oficial. A política atribuiu o mal resultado nas primárias do domingo a reclamações na frente salarial, reconhecendo haver um eleitorado "que está em uma situação econômica difícil".
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário