Porto Alegre, terça-feira, 14 de setembro de 2021.
Aniversário da cidade de Viamão.
Porto Alegre,
terça-feira, 14 de setembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

China

- Publicada em 16h23min, 14/09/2021. Atualizada em 21h06min, 14/09/2021.

Com temor de surto de Delta, China coloca 3,7 milhões de habitantes de Xiamen em lockdown

Decisão foi tomada após as autoridades de saúde detectarem 32 infecções transmitidas localmente

Decisão foi tomada após as autoridades de saúde detectarem 32 infecções transmitidas localmente


STR/AFP/JC
Em meio ao receio sobre a ascensão de casos de Covid-19, a China decretou um lockdown na cidade de Xiamen, de 3,7 milhões de habitantes, para tentar conter um novo surto que começa a se espalhar pela província de Fujian, no sudeste do país.
Em meio ao receio sobre a ascensão de casos de Covid-19, a China decretou um lockdown na cidade de Xiamen, de 3,7 milhões de habitantes, para tentar conter um novo surto que começa a se espalhar pela província de Fujian, no sudeste do país.
A decisão foi tomada após as autoridades de saúde detectarem 32 infecções transmitidas localmente. A maior parte delas está ligada à cidade de Putian, onde teve início o novo surto, causado pela variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia.
De acordo com a Associated Press, Xiamen decretou lockdown nos bairros afetados, fechou estabelecimentos e cancelou atividades de grupo, incluindo aquelas para o próximo Festival da Lua, também conhecido como Festival do Meio do Outono, em 21 de setembro. O serviço de ônibus de longa distância para outras partes da província também foi suspenso.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário