Porto Alegre, quinta-feira, 22 de julho de 2021.
Porto Alegre,
quinta-feira, 22 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 18h09min, 22/07/2021.

Em comunicado, G20 pede que países recuperem solos degradados e trabalhem gestão sustentável da água

Grupo enfatizou sua defesa da biodiversidade e do uso eficiente dos recursos naturais

Grupo enfatizou sua defesa da biodiversidade e do uso eficiente dos recursos naturais


Georgia's Presidential press service/AFP/JC
O G20 divulgou comunicado nesta quinta-feira (22), após reunião de ministros do Meio Ambiente do bloco. Na nota, o grupo enfatizou sua defesa da biodiversidade, do uso eficiente dos recursos naturais e de uma economia circular, bem como de finanças sustentáveis, como, por exemplo, no financiamento da proteção de ecossistemas.
O G20 divulgou comunicado nesta quinta-feira (22), após reunião de ministros do Meio Ambiente do bloco. Na nota, o grupo enfatizou sua defesa da biodiversidade, do uso eficiente dos recursos naturais e de uma economia circular, bem como de finanças sustentáveis, como, por exemplo, no financiamento da proteção de ecossistemas.
Os participantes do G20 defende que os países promovam medidas para recuperar solos degradados, em linha com as metas da Agenda 2030. Também afirma que é preciso haver uma gestão sustentável da água, com acesso a água potável de modo igualitário, bem como argumenta pelo reforço na proteção a mares e oceanos.
Sobre a economia circular, diz que ela é defendida para reforçar a cooperação multilateral, reduzir a pegada ambiental e se garantir a sustentabilidade de modelos de produção e de consumo. Na questão das finanças sustentáveis, o G20 afirma que é preciso haver foco nas necessidades de financiamento específicas para a proteção e a restauração de ecossistemas, como contribuição para o trabalho do grupo sobre o formato futuro do sistema financeiro global.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário