Porto Alegre, quarta-feira, 09 de junho de 2021.
Dia do Porteiro. Dia do Tenista.
Porto Alegre,
quarta-feira, 09 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

china

- Publicada em 14h29min, 09/06/2021.

China pretende aplicar a vacina Coronavac em crianças a partir de três anos

País já administrou quase 800 milhões de doses, até agora em pessoas com mais de 18 anos

País já administrou quase 800 milhões de doses, até agora em pessoas com mais de 18 anos


STR/CHINA OUT/JC
A China se prepara para vacinar crianças a partir dos três anos de idade contra a Covid, o que deve fazer do país o primeiro do mundo a imunizar nesta faixa etária, anunciou um porta-voz do laboratório farmacêutico Sinovac, que produz a vacina Coronavac.
A China se prepara para vacinar crianças a partir dos três anos de idade contra a Covid, o que deve fazer do país o primeiro do mundo a imunizar nesta faixa etária, anunciou um porta-voz do laboratório farmacêutico Sinovac, que produz a vacina Coronavac.
"Foi aprovado o uso da vacina da Sinovac nos últimos dias para a faixa dos três aos 17 anos", declarou o porta-voz, sem informar exatamente quando serão aplicadas as primeiras doses.
O laboratório concluiu os testes clínicos em crianças e adolescentes, e os resultados devem ser publicados pela revista britânica The Lancet, acrescentou.
O país já administrou quase 800 milhões de doses de vacinas, até agora apenas em pessoas com mais de 18 anos. Pequim, que praticamente erradicou a epidemia em seu território desde maio de 2020, espera poder vacinar ao menos 70% de sua população até o fim do ano, ou seja 1 bilhão de habitantes.
Além da Coronavac, da Sinovac (administrada em duas doses), a China aplica os imunizantes da Sinopharm (duas doses) e Cansino Biologics (uma dose).
As vacinas da Sinovac e da Sinopharm já receberam a aprovação da OMS (Organização Mundial da Saúde) para administração em adultos.
Em outros continentes, União Europeia (UE), Reino Unido e Estados Unidos aprovaram o uso da vacina da Pfizer/BioNTech a partir dos 12 anos.
Folhapress
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário